Binho Marques profere palestra durante planejamento do Sistema Fieac

Governador descreve cenário econômico do Acre e apresenta dados sobre crescimento real do Estado
Palesta-binho-FIEAC

O governador Binho Marques participou no final da tarde desta sexta-feira, 9,  da reunião de Planejamento Estratégico do Sistema Fieac para o período entre 2010-2018 apresentando o panorama do desenvolvimento econômico do Acre durante sua gestão e as prospecções para o futuro a partir dos projetos que estão em andamento e que iniciaram a execução ainda em seu mandato.

Em 2007, ao assumir o governo, Binho Marques, em conversa com o setor, apontou as metas a atingir em quatro anos. Neste novo encontro o governador apresentou os dados referentes ao desenvolvimento alcançado no período a partir dos investimentos realizados pelo Governo do Estado. Na reunião estavam presentes ainda o presidente da Fieac, João Salomão; os secretários de Planejamento e Habitação, Gilberto Siqueira; de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, César Dotto, e de Comunicação, Aníbal Diniz.

Ao assumir o governo Marques projetou captar durante seu governo R$ 2 bilhões em recursos a serem aplicados no Estado. O planejamento inicial foi superado.

 Até o mês de junho, o Estado conseguiu executar obras que atingem o valor de R$ 2,3 bilhões e mantém recursos assegurados na ordem de R$ 3,3 bilhões até dezembro de 2010. Com novas negociações em andamento o governo planeja alcançar novas metas de investimentos para os próximos seis anos em projetos nas áreas de habitação, saneamento, estradas, redução da emissão de carbono.

“Tudo isto já está sendo pensado agora. Este resultado positivo do Acre é fruto de planejamento, etapa importante de um bom governo, e de um conjunto de esforços que tem envolvimento de todos. A marca Acre hoje tem credibilidade, solidez, porque tem qualidade no projeto e tem também uma certa ousadia para insistir, pedir, pressionar.

Palestra_1
Por isso é bom dedicar um bom tempo com planejamento”, diz Binho Marques destacando a iniciativa da Fieac em planejar suas ações para os próximos oito anos e lembrando que apesar do aumento da capacidade de endividamento que o Estado adquiriu nos últimos anos, 67% das ações realizadas provém de recursos não reembolsáveis, transferência voluntária do governo federal e recursos obtidos por meio dos PAC 1 e 2.

“Há uma certa preocupação de que o governo está se endividando, gastando mais, mas isso não reflete a realidade. O próximo governo terá em mãos um ativo que gira em torno de R$ 500 milhões para trabalhar com tranquilidade”, garante.

O Estado conseguiu promover índices de crescimento que superam os da Região Norte e continua avançando. Em 2004, por exemplo, a população pobre do Acre representava 56% do total. Em 2008 este índice caiu para 38%. “É o nosso cartão postal. É o número mais bonito que temos para mostrar. Esta situação é rara.

O Acre reduzir ainda mais este índice com investimentos do governo federal aliado a ações locais em várias áreas como saúde, educação, habitação, segurança. É um conjunto de iniciativas que levam o estado a não acompanhar a queda dos outros estados da Região Norte”.

Ao final da apresentação do governador Binho Marques, os empresários fizeram perguntas sobre temas como a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) aprovada pelo presidente Lula em junho e que será instalada no Estado na área do município de Senador Guiomard que integra a Zona Especial de Desenvolvimento (ZED) e que recebeu investimentos em diversas áreas. “Esta será a primeira ZPE voltada para o oceano Pacífico. As demais são todas voltadas para o Atlântico e isso só foi possível graças aos investimentos realizados naquela região de ZED
O presidente da Fieac, João Salomão, credita aos investimentos do Governo do Estado e ao planejamento e estruturação do setor o crescimento e as metas alcançadas nos últimos quatro anos.

“Com planejamento, sabemos aonde estamos indo e podemos nos adaptar às mudanças que forem surgindo no nosso caminho. Se não tivermos um norte, não saberemos para onde ir”, concluiu agradecendo a contribuição do governador Binho Marques na reunião de realinhamento do sistema que continua nesta segunda-feira com a apresentação de ações desenvolvidas e resultados obtidos pelas Casas do Sistema Fieac. (Agência Acre)

palestra5

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation