Hoje tem show de Elba Ramalho no Arraial Cultural

Em 2009 ela celebrou 30 anos de carreira com um disco repleto de xotes e baiões, além do choro “Ilusão nada mais”, de Dominguinhos e Fausto Nilo. E é essa diversidade brasileira que a cantora paraibana Elba Ramalho promete trazer para o palco do Arraial Cultural do Acre na noite de hoje. A partir das 22 horas, o show começa no Palco Principal do evento realizado no estacionamento do Estádio Arena da Floresta.

selba
A festa, promovida pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), com apoio da Prefeitura de Rio Branco e Liga das Quadrilhas Juninas do Acre, começou na última segunda-feira, 12, e termina no próximo domingo, 18, com muitas atrações.

Amanhã, o show será do grupo Quinteto Violado que faz uma homenagem a Luiz Gonzaga. E no sábado, dia 17, a apresentação especial com os Bois Garantido e Caprichoso, de Parintins.

Isso sem falar nas apresentações de quadrilhas. O 12º Concurso Estadual começou na segunda e termina nesta sexta, com a escolha dos grupos campeões. No sábado, começa o 6º Concurso Nacional que é realizado pela primeira vez no Acre. São grupos de todas as regiões do Brasil que disputam com as quadrilhas do Estado as primeiras colocações. O anúncio dos vencedores será no domingo, dia 18.

Outras atrações
As atrações do Arraial Cultural vão além dos shows. Muitos artistas ajudam a fazer essa festa que já se tornou tradição no calendário de eventos do Acre. Quem vai ao Arraial tem a possibilidade de adentrar no mundo das festas juninas. Durante a noite, o visitante pode se encantar com um típico casamento caipira, depois escutar uma literatura de cordel com uma narrativa em verso e finalizar a noite apreciando o humor de artistas populares como o Zé Jarina.

Logo na entrada já é possível visualizar um belo estande cheio de livros de literatura de cordel. Trata-se das obras de Edmilson Santini, um especialista nesse estilo literário e autor de mais de cinqüenta obras do gênero. Edmilson, que mora hoje no Rio de Janeiro, explica que a literatura de cordel é uma mistura de música e poe-sia, com partes contadas e outras cantadas e que pode se apresentada tanto por um contador de historias ou por um grupo de teatro.

Seguindo mais um pouco, é possível aproveitar os mais diversos pratos típicos nos espaços destinados às praças de alimentação. Os espaços estão mais amplos do que no ano passado e não faltam lugares para sentar. Os preços também estão bastante convidativos. A grande variedade é outro ponto forte desse ano: a diversidade de pratos é enorme, com comidas típicas dos arraiais acreanos.
Atração tradicional de todos os arraiais, o bingo acontece todas as noites, com o sorteio de vários prêmios como galinhas, pernis e bolos confeitados. (Agência Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation