I Salão Estadual de Turismo na Expoacre 2010

Estande apresenta todo o potencial desse que é um dos setores que mais cresce no estado
Turismo

Quando o turismo ganhou um espaço pela primeira vez na Expoacre, em 2006, tudo começou muito tímido. Agora, em 2010, o turismo ganha um dos pontos de maior destaque da feira com o I Salão Estadual de Turismo, que estará aberto todos os dias da Expoacre, de 24 de julho a 1 de agosto, no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco.

Um espaço que a exemplo do encontro nacional, reúne o Governo do Estado do Acre, operadoras e agências de turismo, representantes da rede hoteleira, artistas, produtores culturais e representantes do Ministério do Turismo.

A proposta é apresentar os roteiros e o potencial turístico do Estado. Esse ano, o turismo deixa de ser uma mera vitrine e entra com todo o seu potencial de negócios, trazendo parceiros comerciais e colocando as agências de viagens e turismo dentro do seu espaço. “O Salão foi concebido com uma proposta de fomentar o turismo dentro do próprio estado do Acre”, conta Cassiano Marques, Secretário Estadual de Esporte, Turismo e Lazer.

Diariamente, o Salão também oferece degustação de pratos típicos da região de restaurantes acreanos ligados a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, Abrasel. E como forma de valorizar a cultura acreana, uma parceria com a Fundação Elias Mansour e o Coletivo de Cultura P&ia foi formada, montando uma extensa programação de apresentações artísticas e musicais.

 
Além disso, o Salão possui empresas do Acre comercializando produtos feitos no Acre. “O turismo no Acre está saindo do discurso e indo para a prática”, conta Leandro Domingos, presidente da Federação do Comércio do Acre. A frente da Fecomércio, Leandro aponta para o potencial da iniciativa privada, suas parcerias com as políticas públicas para o turismo e o saldo positivo que esse setor da nossa economia esta trazendo para os acreanos.

Difusão do conhecimento
O Salão Estadual de Turismo também conta com uma programação especial de palestras e debates. Uma das palestras é: “O turismo como indutor do desenvolvimento econômico e social”, apresentada pelo Dr. Norton Lenhanrt nesta segunda-feira, 26.
Turismo_3
Em sua segunda vez no Acre, e fascinado pelo estado, Lenhanrt nos diz que, “o turismo é uma das atividades que mais cresce no mundo e envolve vários setores, fazendo com que a economia cresça e gere emprego, gere renda”.

Para o Dr. Norton Lenhanrt, o Acre ainda tem um longo caminho a percorrer, mas que está indo na trilha certa. Ele reforça a ideia de que não se faz turismo sem parceria, e lembra das relações que podem ser feitas entre governo e iniciativa privada, trazendo benefícios para toda a populações, principalmente comunidades distantes, através da valorização do Turismo da Natureza.

Trilha Chico Mendes
O Salão Estadual de Turismo também está sendo uma oportunidade de mostrar um dos empreendimentos turísticos mais ambiciosos do Acre, a Trilha Chico Mendes, a 1ª Trilha de Caminhada de Longa Duração da Amazônia.
Turismo_5
Segundo Adalgisa de Araújo, coordenadora do projeto, a trilha irá passar por 11 seringais, começando no Etelve em Assis Brasil e terminando em São Pedro, em Xapuri. Serão 105km de extensão a pé, havendo 7 pernoites em pousadas ecológicas. A capacidade é para um atendimento de 30 pessoas por dia, inclusive o pessoal de apoio.

 
O lançamento da Trilha Chico Mendes acontece em setembro, na Adventure Sport Fair, em São Paulo, a maior feira de esportes radicais da América Latina. A realização da Trilha é através de uma parceria do Governo do Estado do Acre, através da Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer, Setul e operadoras de viagens e turismo. (Agência Acre)

Turismo_2

Assuntos desta notícia


Join the Conversation