MPU: só 2 dias de inscrições. 2º e 3º graus

Encontram-se abertas, até as 23h59 do próximo dia 30 (horário de Brasília), no site do Cespe/UnB, organizador, as inscrições para o concurso da área de apoio do Ministério Público da União (MPU). A oferta inicial, de 593 vagas, subiu para 594 depois do órgão ter divulgado uma retificação.

O concurso ainda se destina à formação de cadastro de reserva, que deverá ser bastante utilizado durante a validade da seleção (um ano, podendo dobrar), pois tramita em fase final no Senado projeto em prol da criação de milhares de cargos no órgão.

Entre os atrativos do concurso estão as remunerações, que atingem R$4.583,09 (técnico) e R$7.141,52 (analista), já contabilizando vencimentos básicos, Gratificação de Atividade do MPU (Gampu) e auxílio-alimentação (R$590).

O órgão ainda contemplará os futuros servidores com auxílio pré-escolar ou creche (R$237,50, para filhos com até seis anos), plano de saúde (inclui dependentes) e vale-transporte. O regime de contratação é o estatutário (garantia de estabilidade), para carga de trabalho de 40 horas semanais, excetuando as funções com legislação própria.

Ao acessar o site do Cespe/UnB, o interessado preenche o formulário e obtém a Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança) referente à taxa, de R$50 (técnico) e R$65 (analista). O valor poderá ser depositado em qualquer agência bancária e dos Correios, bem como casas lotéricas, até 10 de agosto. Quem não tem acesso à internet poderá efetuar a inscrição em um dos postos com computadores disponibilizados nas capitais do país, inclusive Brasília.

Os pedidos de isenção de taxa poderão ser feitos durante todo o prazo de inscrição, por integrantes do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com renda familiar mensal de até três salários mínimos nacionais (valor correspondente a R$1.530) ou renda familiar mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$255).

No ato da inscrição, o candidato deverá indicar três localidades de preferência de atuação dentro do estado ao qual concorre, exceto no caso do Distrito Federal.

 Haverá provas objetiva e discursiva (essa última não será realizada pelos concorrentes a técnico de apoio especializado em segurança e em transporte, que terão testes de aptidão física e práticos no lugar). Os analistas farão as avaliações no dia 11 de setembro (um sábado).

Os demais concorrentes realizarão todas as avaliações no domingo, 12 de setembro (as de aptidão física e prática ainda não têm datas definidas). Todas as avaliações serão aplicadas nas capitais brasileiras. (Folha Dirigida

Assuntos desta notícia


Join the Conversation