Operação Cidade muda realidade dos moradores do Alzira Cruz

Os moradores do Alzira Cruz, no 2º Distrito de Rio Branco, estão vivendo o sonho de uma nova realidade em seu bairro. A presença dos homens e máquinas da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) indica que no próximo inverno eles não mais viverão o sofrimento de andar com sacolas amarradas aos pés para poder sair de casa sem pisar na lama ou mesmo de ter que caminhar pelas ruas e quintais completamente alagados após cada chuva.

No local, o serviço de implantação de rede de drenagem de águas pluviais, em execução desde o início desta semana, é mais uma ação da Operação Cidade 2010, incluída no cronograma de obras da Prefeitura  de Rio Branco pela própria comunidade através do Programa de Gestão Participativa (PGP).

Para o presidente da Associação dos Moradores do Alzira Cruz, Luiz Gonzaga de Almeida o PGP é uma conquista indispensável. “O PGP está sendo muito importante para todos nós, que agora só temos a agradecer ao prefeito Raimundo Angelim e a Emurb por essa benfeitoria aqui no nosso bairro. É uma batalha de oito anos que agora termina com a realização desse serviço. Só em a gente não ter que ver mais nossas crianças saindo de casa com sacrifício para ir a escola nos deixa muito felizes”, disse ele.

Com o serviço serão beneficiadas diretamente 230 famílias moradores da Rua Mangueiral, além de outros que serão beneficiados indiretamente.

Uma das primeiras moradoras do bairro, a dona-de-casa Maria Cleonice disse que apesar do transtorno causado pela presença das máquinas na rua ela está feliz com o que vê. “Nós esperamos isso por muito tempo. A gente sabe que não é fácil fazer um serviço desse aqui, mas ficamos felizes em ver a dedicação com que esse pessoal da Emurb trabalha com todo cuidado para o serviço ficar bem feito”, comentou.

Além da implantação de cerca de 700 metros de rede de drenagem, também está previsto o piçarramento da rua principal do bairro que existe há pouco mais de 8 anos e que nunca recebeu uma intervenção dessa natureza.

A presidente da Emurb, Dora Araújo, reafirmou que em 2010, a determinação do prefeito Angelim é que tudo o que está previsto no PGP seja executado, beneficiando as sete regionais da cidade de Rio Branco.

“É importante ressaltar que nós estamos trabalhando com toda dedicação e esforço concentrado para garantir que ao final da Operação Cidade, o saldo seja de 100% do que está programado no PGP esteja concluído. Também é importante salientar que estas benfeitorias estão sendo executadas com recursos do município e tudo que está previsto para execução foi criteriosamente planejado junto com a comunidade através dos conselheiros de todas as regionais”, assinalou.

Além disso, ao todo estão sendo executados: 15,7 mil metros de rede de drenagem; 10,5 mil metros de piçarramento e 6 mil metros de piçarramento e drenagem. Diariamente a Emurb está nos trechos de obras com 229 máquinas e equipamento, 22 equipes, num total de 450 homens trabalhando.

Até o momento, a Operação Cidade 2010 deve fechar seu terceiro mês de execução com quase 40% de todos os serviços previstos executados ou em execução.
Já foram beneficiados os bairros: Parque das Palmeiras, Doca Furtado, Village Tiradentes, Loteamento Farhat, Ouricuri, Loteamento Rosa Linda, Baixa da Colina, Cadeia Velha, 6 de Agosto, Comara, Placas, Vila Nova, Monte Alto, Pedro Roseno, Ivete Vargas, Bahia Nova, Aeroporto Velho, Santa Maria , Belo Jardim I, Alzira Cruz, Santa Helena, Taquari, Amapá, Adalberto Aragão, Loteamento Jardim Brasil, Custódio Freire, Esperança e Nova Esperança. (Ascom PMRB)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation