Política cultural em debate no Acre

A agenda de debates do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura foi aberta nesta quinta-feira, 14, na Casa dos Povos Indígenas.
Cultura
O encontro, com término previsto para sexta-feira, pauta assuntos referentes a políticas públicas de âmbito nacional, como o Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) e a agenda da cultura no ano eleitoral.

A presidente do fórum e Secretária de Cultura de Sergipe, Eloisa Galdino, abriu o encontro ressaltando a importância de sediar o evento no Acre e em um ano eleitoral. “É uma satisfação muito grande e um dever cumprido trazer o fórum para a região norte.

E para um estado como Acre que tem se destacado no tratamento da suas políticas públicas na área da cultura. É especial também porque vivemos um período eleitoral onde temos que dar destaque às políticas culturais incorporando-as nos planos de governo de uma maneira mais consistente.”

Para o Presidente da Fundação de Cultura Elias Mansour, Daniel Zen, é uma honra para o Acre sediar um encontro tão importante que reúne os gestores para debater a cultura no Brasil. “Um dos pontos mais importantes de um evento como esse é a possibilidade da troca de experiências entre o trabalho de cada gestão. Esses encontros são muito ricos em conhecimento, estratégias e ações relacionadas à articulação de políticas públicas para a cultura”. 

Umas das propostas apresentadas no fórum é referente ao propósito de destacar as políticas culturais nos planos dos próximos governos.

Trata-se de uma campanha publicitária que vai veicular um selo de apoio à cultura aos candidatos que assumirem compromisso com a agenda da cultura, correspondentes ao marco regulatório e a PEC 150, projetos que tramitam no congresso nacional.

“É uma forma de marcamos posição não só com os cargos majoritários, mas sobretudo aos proporcionais para termos condições de fazer com que a cultura tenha uma participação mais efetiva no debate eleitoral  deste ano”, explica a presidente.

Com 30 anos de existência, o fórum tem se consolidado como uma instância de intercâmbio de experiências das gestões e do fazer cultural entre as Secretarias Estaduais de Cultura e também de diálogo com o poder público federal.

É a primeira vez que o estado do Acre sedia um encontro do fórum, reunindo secretários e dirigentes do Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Bahia, Pará, Paraná, Alagoas, Pernambuco, Rondônia, Piauí e Sergipe.

Trazer essa reunião para a região norte é, para o Secretário de Cultura do Pará, Cincinato Marques, um trabalho que reforça a presença da região dentro do Ministério da Cultura.

“Essa reunião reafirma o Acre como uma das lideranças dentro do país da área da cultura. Esse trabalho tem reverberação em toda região. O intuito do Pará é aproximar cada vez mais o trabalho que estamos fazendo ao trabalho feito hoje no Acre. (Agência Acre)

Cultura_2

Cultura_3

Assuntos desta notícia


Join the Conversation