Incêndios em horários noturnos aumentam e preocupam autoridades

Pelo menos quatro incêndios foram registrados em Rio Branco. Na noite de sexta-feira, 16.
Fogo-na-mata
No início da noite, o grupamento de Combate a Incêndios do Corpo de Bombeiros Militar foi acionado para apagar um incêndio que atingiu uma cerâmica localizada no bairro Distrito Industrial.

O princípio de incêndio por pouco não destrói toda a cerâmica, que possui em seu pátio material de fácil combustão.

O fogo foi detectado por vizinhos que sentiram cheiro forte de fumaça e ao saírem de suas casas perceberam chamas que vinham do inte-rior da cerâmica.

Antes mesmo da chegada do Corpo de Bombeiros, os moradores da região usando baldes de água conseguiram controlar o incêndio.

Quando o Corpo de Bombeiros chegou as chamas já ha-viam sido debeladas e os Bombeiros realizaram o resfriamento no local para garantir que nenhum fogo pudesse se alastrar novamente.

Na mesma noite, uma área verde localizada entre o Conjunto Rui Lino e o Loteamento Joa-fra foi incendiada criminosamente, assustando moradores e dando muito trabalho ao Corpo de Bombeiros para controlar as chamas.

Devido ao vento forte, as chamas se alastraram pelo lo-teamento Joafra e se estenderam à margem do Igarapé São Francisco, atingido também o bairro Mocinha Magalhães.

A área, de difícil acesso, dificultou o trabalho do Corpo de Bombeiros. O clima seco, associado à frente fria, vem deixando matas urbanas suscetíveis ao fogo.

A fumaça encobriu os bairros Rui Lino, Joafra, Tucumã, Distrito Industrial e parte da BR-364, sentido Rio Branco/Sena Madureira.

O Corpo de Bombeiros alerta sobre o perigo de incêndios em terrenos baldios, pois podem atingir casas, além da fumaça produzida que causa doenças respiratórias, principalmente em crianças e idosos.

O reflexo dos incêndios é registrado no aumento no número de atendimento médicos a crianças e idosos que ocorrem nos postos, centros de Saúde e no Pronto-Socorro.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation