Policial militar é preso por tráfico com outras seis pessoas

As prisões são resultado de investigações que já vinham sendo realizadas há vários meses. Segundo informações, as investigações iniciaram por inquisição do MPE – Ministério Público Estadual na Vara da Infância e Juventude.
Drogas-13
Na noite desta sexta-feira, 23,  os policiais da DRE – Delegacia de Repressão a Entorpecentes, com o apoio, do GAPC, Gcap, Policia Militar e BOPE, sob o comando o delegado Adriano Carrasco, prenderam seis pessoas, sendo duas menores, uma mulher e três homens. Um deles é soldado da policia militar conhecido como Soldado Yuri.

Na casa, situada no beco do Calil, no Distrito Industrial, foram apreendidos quase 100 gramas de maconha, dezenas pontas de cigarro de maconha que seriam reutilizadas, R$ 372,00, um canivete, três celulares e mais todo o  material para embalar a droga, o que caracteriza a venda e o tráfico do entorpecente.

De acordo com denuncias, neste mesmo endereço, menores são aliciadas, além de ser uma boca de fumo já conhecida da polícia.

Shirley Regina Azevedo de Assis, proprietária da casa, se declarou dona da droga. Manoel da Silva Nogueira falou que apenas foi visitar a cunhada que mora naquela residência. Caio Viana Dias se declarou usuário e marido de uma das menores residentes na casa.

O soldado da Policia Militar, Yuri, não deu entrevista e estava em uma sala separado dos outros presos.Ele foi acompanhado por advogados e pelo Capitão Giovane, comandante do 2º Batalhão, onde ele serve.

Informações dão conta que Yuri já teve outros problemas, inclusive já teria sido expulso da corporação, mas essa informação que não foi confirmada pelo Capitão Giovane, que se recusou a dar entrevista. Disse apenas que os procedimentos serão feitos conforme a legalidade e que esse tipo de atitude, caso o soldado seja culpado, não condiz com a imagem da instituição.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation