Binho e Angelim entregam nova quadra no Calafate

O governador Binho Marques e o prefeito Raimundo Angelim entregaram ontem, 19, a nova quadra Pedro Lisboa, no bairro do Calafate, em Rio Branco. Reconstruída com recursos de emenda parlamentar ao custo de R$ 310.559,50 a quadra foi inaugurada em 6 de agosto de 1991 pelo então prefeito Jorge Kalume e é a primeira do Acre localizada em  praça pública a usar o piso de granelite, muito mais bonito e adequado à todas as modalidades esportivas. Completamente modernizada, a quadra conta com iluminação especial, cobertura, medidas e marcações oficiais – tudo o que não existia antes da reforma. Equipamen-tos ao entorno da quadra, como os bancos da praça, foram revitalizados.

Estiveram presentes na atividade, a secretária adjunta de Esporte, Turismo e Lazer, Suely Melo; a diretora de Imprensa da Secretaria de Estado da Comunicação, Tainá Pires; lideranças políticas e comunitárias como o vereador Raimundo Vaz e Manoel do Carmo, presidente da Associação dos Maratonistas do Acre, além de estudantes e moradores. Manoel do Carmo recebeu das mãos de Binho e Angelim kits esportivos compostos por bolas e redes.

Uma das mais antigas quadras de Rio Branco, a Pedro Lisboa foi construída como equipamento da Praça Raimundo Melo e ao lado da Igreja de São Miguel, entre as mais tradicionais capelas da Capital acreana. “O importante é que entregamos para a comunidade, que agora vai cuidar deste espaço. Uma quadra tem impacto muito positivo entre os jovens”, disse o governador Binho Marques. 

A praça Raimundo Melo  foi  inaugurada em julho de 1986 pelo prefeito da época, Adalberto Aragão, e foi totalmente urbanizada pelo Governo do Estado na época em que Jorge  Viana era governador, e agora as famílias do Calafate e bairros adjacentes  além de terem onde passear nos horários de lazer podem levar os filhos para praticar esportes na Quadra Pedro Lisboa.  “Agora o Calafate está completo. Possui escola, praça, creche, infra-estrutura e tudo o que um bairro precisa para que os moradores tenham mais qualidade de vida”, disse o prefeito Raimundo Angelim.

O presidente interino da Associação dos Moradores do Calafate, Francisco Antonio, mora há 23 anos naquele bairro e lembra que a  quadra se constituía em ponto de encontro da comunidade especialmente nos dias de sexta-feira, quando eram realizadas festas e torneios de futebol de salão. Com a decadência da quadra, os encontros se acabaram e os jovens ficaram sem opção de lazer e prática esportiva. A reconstrução da quadra, na opinião de Francisco, é o marco de um no-vo tempo, a volta das reuniões comunitárias e dos encontros esportivos. “O que eu espero é que os jovens saiam de uma vida não recomendável, passem a desfrutar da quadra e a comunidade tenha mais paz”, disse o líder dos moradores. Os estudantes Venio Vieira e João Paulo Gomes, respectivamente do ensino fundamental e médio da Escola Henrique Lima, concordam com Francisco Antônio: “precisávamos mesmo da quadra. Sem ter onde jogar é ruim”, disse Venio. “Agora está muito melhor para os jovens”, completou João Paulo. (Agência Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation