Candidatos majoritários da FPA participam de lançamento de candidaturas do PSB

“Não é à toa que o nome dela pode ser facilmente associado à solidariedade”, disse o ex-governador Jorge Viana, um dos dois candidatos ao Senado pela Frente Popular (FPA), ao participar, na noite de sexta-feira, do lançamento da candidatura da professora Soledade à Assembléia Legislativa na coligação encabeçada pelo PSB.

O presidente da Câmara de Rio Branco, vereador Jessé Santiago, candidato à Câmara Federal, que apóia a candidata Soledade, também participou do evento.

O lançamento da candidatura de Soledade, uma das líderes comunitárias mais atuantes da Vila Acre e que obteve mais de 1.100 votos na última campanha para a Câmara Municipal, foi prestigiada também por Tião Viana, candidato ao governo, e por Edvaldo Magalhães, o segundo candidato ao Senado.

Tião, Jorge e Edvaldo chegaram ao evento, logo após assistirem ao “Jornal Nacional”, da Rede Globo, embalados pela informação de que, naquele dia, pesquisa de opinião pública informava o crescimento da candidatura da ex-ministra Dilma Rousseff, com mais de oito pontos acima de seu principal adversário, o tucano José Serra.

“Tudo aponta que, tanto em nível nacional como aqui, nós vamos ter uma vitória esmagadora. Uma vitória que é marco da nossa união e da nossa solidariedade em relação às causas de combate aos problemas sociais que mais afligem o nosso povo”, destacou Tião Viana.

Soledade lembrou sua militância comunitária baseada nos valores cristãos, cuja marca maior é a solidariedade. “Acho que chegou o tempo de termos solidariedade também na Assembléia Legislativa”, disse a candidata.

Edvaldo Magalhães também destacou os valores cristãos de Jessé Santiago e disse que, de acordo com sua campanha, o vereador tem tudo para chegar à Câmara Federal.

“Já vi esse filme dentro da minha casa”, disse o candidato a senador, ao se referir à sua esposa, a deputada federal Perpétua Almeida, do PCdoB, cuja carreira política também foi iniciada pela Câmara Municipal.

 “Nessa pisada, o Jessé vai fazer como a Perpétua e também se eleger deputado federal”, disse Magalhães. (Assessoria)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation