Senado aprova extensão de três para cinco dias de licença-casamento

Num esforço concentrado, o Senado aprovou ontem projetos que vão desde a ampliação da licença-casamento até a obrigatoriedade de curso superior aos professores que atuam na educação básica. A Comissão de Assuntos Sociais da Casa aprovou, em caráter terminativo, um projeto de lei que amplia de três para cinco dias corridos a chamada licença-casamento. Agora, o texto segue direto para a apreciação na Câmara dos Deputados. O benefício vale tanto para os que casam formalmente quanto para os casais que escolhem a união estável, não podendo haver desconto nos salários pelos dias de folga. Já a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou projeto que facilita aos filhos alterar suas certidões de nascimento, para corrigir os nomes dos pais que foram modificados em virtude de mudança de estado civil.  (O Globo)

 

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation