Everton obrigado a mudar forma de jogar do Rio Branco FC

Com a pretensão de entrar com três atacantes contra o São Raimundo/PA, neste domingo, no Arena da Floresta, por muito pouco o técnico Everton Goiano não entrava com apenas um atacante ou dois. Isso porque o atacante Marcelo Brás continua sua novela pessoal, sem a liberação na CBF, Araújo continua sentindo o tornozelo e Marcelo Maciel sentiu no coletivo de apronto, na última sexta-feira.

A escalação oficial só sairá momentos antes do jogo, isso porque Araújo e Maciel ainda passarão por uma última avaliação no vestiário. O lateral direito Ley, que chegou a preocupar após um acidente doméstico, treinou normalmente e está liberado para atuar.

No ataque, Everton Goiano trabalhou com duas situações, primeiro com Luis Carlos, revezando com Anselmo. “O mais importante é que possamos contar com a nossa torcida, que foi fundamental para a nossa campanha em 2009 e nos empurrou até a fase final”, avaliou o técnico, que, temendo a “macaca”, optou por um recreativo no sábado.

Arbitragem
O trio de árbitros será rondoniense. O árbitro principal será Arnoldo Figarela, auxiliado por Fledes Santos e Ronieri Alleyen.

Empate
Os dois líderes do grupo, Fortaleza/CE e Paysandu/PA, ficaram no empate em 1 a 1, jogo realizado no Castelão, Fortaleza/CE. E a equipe visitante, o Papão, saiu na frente com Sandro, aos 13 minutos da etapa final. O empate veio apenas aos 37 minutos, com Tatu. Paysandu lidera com 7 pontos, Fortaleza tem 6, enquanto o Rio Branco é o último com 1 ponto.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation