Náuas repete a peia e o placar: 2 a 0 para o Mixto

Nem mesmo a mudança da comissão técnica do Náuas EC conseguiu impedir que o representante acreano no Campeonato Brasileiro de Futebol da série D sofresse a 2ª derrota consecutiva em casa, no estádio Japiim, em Mâncio Lima, novamente por 2 a 0. Desta vez a derrota foi para o Mixto/MT, líder isolado do grupo A2, enquanto o Náuas se garante na “lanterna isolada”.

Mesmo com a derrota e lamentando a ausência de Ray Manaus e o problema de saúde de Fábio Pinto, o técnico Neneca não jogou a toalha, apesar de em três jogos somar apenas um ponto, com dois deles derrotado em casa. “Particularmente não tem nada perdido, ainda temos três jogos e nove pontos a serem disputados. Se não deu certo hoje, quem sabe lá dá?”, ressaltou.

Em casa, a torcida do Juruá novamente abandonou a equipe da casa, pois apenas o Japiim teve apenas 216 pagantes, bem diferente do público no Estadual Acreano. No próximo domingo, o Náuas terá o mesmo adversário, Mixto, desta vez em Cuiabá/MT, onde joga no estádio Presidente Dutra, suas últimas fichas na 4ª Divisão.

Para piorar a situação da equipe do Juruá, o Vila Aurora/MT venceu em casa ao Vilhena/RO, por 2 a 0, gols anotados por Daniel (16min1ºt) e Diney (8min2ºt). Agora o Mixto tem 7 pontos, Vila Aurora chega aos 5 pontos, Vilhena permanece com 3 pontos, enquanto o Náuas se mantém com 1 ponto.

Velho conhecido da torcida acreana, o atacante Patrick foi o autor do primeiro gol, aos 32 minutos iniciais, aproveitando a boa assistência de Zumbi para bater colocado. Melhor em campo, o Mixto conseguiu a tranqüilidade apenas aos 45 minutos finais, quando Valderrama lançou o zagueiro Sérgio, em contra-ataque, para sacramentar a vitória em 2 a 0.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation