Agentes e Educadores de Trânsito orientam sobre as mudanças na Isaura Parente e Nações Unidas

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) iniciou o período de orientação dos condutores no trecho compreendido entre a avenida Getúlio Vargas e rua Rondônia, após a implantação de sentido único na Isaura Parente e Nações Unidas, que entrou em vigor no último sábado, 31.
Transito
Desde o primeiro dia, técnicos da engenharia de trânsito estão fazendo a contagem dos veículos que trafegam no local para realizar a reprogramação semafórica com a finalidade de que cada cruzamento tenha o tempo ideal de passagem.

Em reunião nesta terça-feira, 3, no gabinete do diretor-geral Reginaldo Prates, estiveram presentes o superintendente da Rbtrans, Ricardo Torres, acompanhado do diretor de trânsito, Nélio Anastácio; o gerente da engenharia e da educação de transito do Detran, Marcos Lourenço e Roberta Oliveira, respectivamente e o coordenador do Comando Integrado de Fiscalização de Trânsito (CIFTRAN), sargento José Generoso Neto.

O objetivo da reunião foi analisar os primeiros impactos das mudanças e realizar os ajustes necessários, cada um ao seu tempo, considerando o período de adaptação.

Nessa primeira etapa de alterações, estão envolvidas 75 pessoas, entre educadores, orientadores e agentes de trânsito. Eles ficarão nos cruzamentos durante o período de 30 dias. Nos locais com fluxo de veículos mais intenso, eles permanecerão por 50 dias. Os condutores estão recebendo o mapa com todas as modificações.

“Ainda são poucos dias de mudanças. No início é natural que existam alguns congestionamentos, isso se deve a fase de adaptação dos condutores, além de coincidir com a volta às aulas”, ressalta o engenheiro de trânsito, Marcos Lourenço. Ele garante que com o tempo, haverá melhoria na fluidez do trânsito e redução no tempo de espera nos cruzamentos com semáforos.

Em razão das alterações de sentido, as infrações nos casos de transitar pela contramão de direção estão sendo toleradas, porém os condutores devem ficar atentos no que se refere ao respeito pelo sinal vermelho do semáforo. A inobservância acarreta nas penalidades previstas no artigo 208 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

As mudanças integram o Plano Diretor de Transporte e Trânsito. As dicas do Detran são para que os condutores respeitem as proibições de parada e estacionamento, como também utilizem, antecipadamente, a faixa da esquerda ou direita, de acordo a conversão pretendida. (Agência Acre)

Transito_2
 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation