Lojas esperam aumento nas vendas de Dia dos Pais a partir de hoje

O Dia dos Pais já é neste domingo e, como sempre, os ‘filhinhos(as)’ estão deixando o presente especial do ‘paizão’ para a última hora! Para os lojistas da cidade, a semana começou fraca, como se fosse uma qualquer no calendário (ainda mais com ‘ressaca’ da Expoacre). Desanimador! Porém, os primeiros dias também vieram com as pesquisas de preço, o que foi suficiente para motivar comerciantes na esperança de altas de 5 a 15% nas vendas, iniciando com acréscimos na demanda a partir de hoje, véspera de feriadão.
Dia-dos-pais
Assim, as lojas de produtos masculinos apostam nas varie-dades, descontos/promoções e nas facilidades de pagamento para atrair a ‘carteira’ dos filhos a comprar os melhores presentes para o grande herói de suas vidas. Os artigos mais visados são as roupas, perfumes, cintos, sapatos, tênis e outros artigos esportivos, tudo com preços variados.

Na Princess Florence da Galeria Meta, por exemplo, não faltam opções, promoções e até caracterização para o Dia dos Pais. De acordo com a proprietária Eliane Bezerra, a previsão é de arrecadar de 10 a 15% a mais nas vendas com a data (média geral do setor de cosméticos), apesar do começo fraco. Os itens mais procurados são perfumes (média de R$ 19,90), loções/gel de barbear (partir de R$ 3,50), e os kits da marca, que já vêm montados (de R$ 20,50 a 89,90) ou podem ser personalizados pelos clientes (varia).

Nas lojas de calçados, roupas e acessórios em geral faixa de lucros varia entre 7 a 15%. Segundo José Gonzaga, gerente da Pé de Ouro Calçados, a expectativa é de superar os primeiros dias e chegar aos 20% de acréscimo na vendas. “O feriadão de amanhã deve ajudar”, arrisca. Já para a vendedora Suzy Rocha, da loja Perfil Griff (que espera lucrar 10%), o feriado só influenciará se funcioná-rios públicos receberem antes seus salários.

Nas duas lojas, os maiores presentes são sapatos (R$ 150), sandálias masculinas (R$ 70), carteiras (R$ 55 a 90), cintos (R$ 45), camisas manga curta (50) e pólo (R$ 88).   

Por fim, outra boa opção para presentes são as lojas de artigos esportivos. O ramo tem expectativa, no geral, de faturar um aumento entre 5 a 10%. De acordo com o gerente Fontenelle, Robério da Silva, o Dia dos Pais tem pouco reflexo nas vendas, mas é bom para divulgar o nome e a qualidade da loja. No local, os presentes mais procurados são tênis esportivos (de R$ 150 a 400), camisas de clubes (R$ 150) e de seleções (R$ 180).

Assuntos desta notícia


Join the Conversation