Candidatos da Coligação mantém encontros com lideranças e aliados

O candidato a Governo Tião Bocalom (PSDB) e a Senado, Sérgio Petecão (PMN), integrantes da Coligação Liberdade e Produzir para Empregar, tiraram a manhã de segunda- feira para uma série de encontros com lideranças políticas locais e aliados.
Comcio
O objetivo foi fazer uma análise das atividades realizadas até o momento em todo o Estado, sua repercussão política  e traçar uma estratégia de curto prazo para consolidar a enorme receptividade que as propostas de mudança vem recebendo da população em geral, tanto na capital quanto no interior.

Para Bocalom, o aumento da  aceitação dos nomes lançados pela oposição deverá confirmar a tendência natural de crescimento do apoio popular para um projeto de Governo, ”que visa fundamentalmente  gerar emprego e melhorar a qualidade de vida do acreano”.

De acordo com o candidato a Governo, a realização de reuniões, comícios e o contato direto com a população contribuiu para  consolidar  a proposta da oposição. Com isto, a  população pôde conhecer  de perto as propostas e a dimensão real das mudanças pretendidas. E passou a identificar o programa de Governo da Coligação com suas reais aspirações e expectativas, o que vem confirmar o desejo claro de mudança e renovação, ”não apenas de conteúdo, mas sobretudo na forma de se fazer política no Acre”. Conforme Bocalom, as manifestações de apoio e carinho que recebeu em todos os municípios visitados ao longo do mês são a prova incontestável, ”que estamos no caminho certo, com plena aprovação da população”.

Este encontro das propostas oposicionistas com o ideário popular também foi identificada por Sérgio Petecão. Conhecido pela popularidade e a prática reiterada de contato direto com a população, Petecão afirmou que o desejo arraigado de mudança deve aumentar  mais ainda à medida que “o povo abraçar um projeto popular pronto para ser utilizado em prol de toda uma comunidade ávida por mudanças e melhoramentos em todos os níveis”. O candidato a Senado pediu que a população participe dos debates, acompanhe as movimentações típicas da época de campanha, ”e vote consciente naqueles que realmente tenham uma mensagem nova, de esperança e construção de uma sociedade mais saudável e fraterna”.

Para Petecão, o projeto de mudança da oposição inova por trazer em seu bojo uma mensagem de liberdade, ”e de aceitação da opinião contrária, diferente da prática atual que só leva em consideração a posição oficial”. E acrescentou que as arbitrariedades e perseguições atuais, ”deverão ter seu fim com uma nova política democrática e livre dos autoritarismos que hoje rondam o Governo”. Petecão disse ainda que, juntamente com Bocalom no Governo, quer inaugurar uma nova fase de respeito e convivência harmoniosa na política estadual, ”sem policiamento ou discriminação política, onde municípios e partidos sejam tratados com igualdade e a consideração devida”.

Entrevista ao vivo – No início da tarde, foi a vez de Petecão participar de um programa  ao vivo de entrevistas dos candidatos majoritários destas eleições. O candidato a Senado voltou a afirmar que seu principal patrimônio político é a  credibilidade que goza junto à população, graças a um contato freqüente e aberto com as  bases e comunidades de todo o Estado. E afirmou que sua candidatura tem personalidade e representatividade próprias,o que o credencia a agir em nome de uma população “que se identifica com minhas ações e tem a certeza de ter um representante eminentemente popular”.  (Assessoria)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation