Gazetinhas 30/09/2010

* “Por ordem de Sua Majestade, o Imperador Galvez, fica proibido o uso de ternos, gravatas, calças, camisas de punho e outras vestes e adereços que prejudiquem a saúde dos cidadãos deste Império, quando a temperatura for acima de 30 graus Celsius”.

* “Outrossim, por ordem de Sua Majestade, fica liberado o uso de calças curtas, bermudas e bermudões, tangas, sungas, calcinhas e outros vestuários condizentes com o clima em vigor no Império”.

* Fosse o colunista o Imperador deste Estado já teria baixado esses decretos.

* O calor está demais.

* Ontem, ao meio-dia, no aeroporto os termômetros marcavam 44 graus, com sensação térmica de quase 50.

* Socorro!

* O telefone toca. É um dos 37 da coluninha. Diz que está injuriado, brabo, furioso mesmo.

* Pergunto se é por causa do calor.

* Não é. Diz que está possesso com o repórter da Globo, Júlio Mosquéra, que mediou anteontem o debate entre os candidatos a governador.

* “Você viu!? Todas as vezes em que o Tijolinho fazia perguntas e depois as réplicas e tréplicas o moço cortava o microfone do pobre”.

* Pára com isso. Esta é uma coluna séria.

* A propósito do debate, o comentário ontem era quase unânime: foi chocho, não empolgou.

* A questão é que o formato desses debates caducou, cansou, saturou.

* Mesmo assim, ponto para a TV Acre, para os candidatos, para o Mosquéra…

* …e para esta GAZETA que mais uma vez fez uma boa cobertura, através do repórter Nelson Liano Jr.

* Ainda sobre o Tijolinho, no horário político ontem, ele voltou a passar uma carraspana na “imprensa do Acre”.

* Segundo ele, “está desatualizada com o programa do seu governo”.

* E ainda foi abusado, perguntando: “será que a imprensa do Acre está com medo que o Tijolinho se eleja governador ainda no primeiro turno?”.

* Luís Carlos Crica, Evandro Cordeiro e outros bambambans do colunismo político poderiam passar sem essa.

* E a ‘dança das pesquisas’ continua.

* Depois do Datafolha puxando Dilma Rousseff para baixo, aventando a possibilidade de segundo turno, ontem foi a vez do Ibope puxá-la pra cima, elegendo-a no primeiro turno, até com certa folga.

* Gorou o “movimento revolucionário” pelo fim da “famigerada Lei Seca”.

* Os juízes eleitorais baixaram portaria ontem colocando-a em pleno vigor, a partir das 6h de sábado (2) até domingo, 20h, após a votação.

* Passando aqui nos altos deste matutino os professores doutores Alceu e Cleusa Ranzi para uma troca de livros, idéias e impressões sobre o papelucho “Acre – onde o vento faz a Curva”.

* Segundo eles, “somos todos um pouco Leonardos”.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation