Política Local

 “A melhor lei de imprensa é a que não existe”.
José Pepe Mujica, presidente do Uruguai.

Pé de cá te espero
Cabeças pensantes do PMDB dizem que plantaram um pé de “cá te espero com muito espinho” para esperar a chegada em 2012 do Márcio Bittar (PSDB) para propor uma aliança em torno de sua candidatura á PMRB. Motivo: “cooptou com altas propostas financeiras, os candidatos á Aleac, Espíridião Junior (PMDB) e Everaldo (PMDB), para apoiar sua candidatura”.

Armando mal
Márcio Bittar, que tende ser o mais votado para a Câmara Federal, começou muito mal a sua corrida para a PMRB, cometendo os mesmos erros quando quis disputar este ano o Senado.

Não decola
Márcio é um político inteligente, sabe que sem o PMDB, a sua candidatura á PMRB naufraga.

Comentário do debate
Como a coluna fechou antes do debate na TV-ACRE entre os candidatos ao governo, Tião Viana (PT), Tijolinho (PRTB) e Tião Bocalon (PSDB), nós deixamos os comentários para amanhã.

 

Bom projeto
Foi sancionado e publicado o projeto do vereador Astério Moreira (PRP), que dá aos donos de boxs  da PMRB o status de concessionários, o que os permitem vender os seus pontos.

Nada a admirar
Não deve causar nenhuma admiração se o tucano José Serra (PSDB) for o mais votado no Acre.

Pressão social
Está em formação uma “Frente Democrática” para comandar uma pressão em Acrelândia visando o afastamento do prefeito Carlnhos (PSB), até se esclarecer tudo na morte do Pinté.

Diabo da cruz
Por conta de tudo que já aconteceu, os cardeais da FPA, querem passar longe do prefeito Carlinhos César (PSB). Até a direção regional do PSB já emitiu nota oficial tirando corpo fora.

Um detalhe importante
O chefe de gabinete da prefeitura de Acrelândia, Jonas, apontado pela polícia como um dos mentores pela morte do ex-vereador Pinté, era a pessoa mais próxima do prefeito Carlinhos.

Se deliciando
Pessoas próximas do candidato a deputado federal Márcio Bittar (PSDB) não esconderam a alegria com a cassação do deputado N. Lima (DEM), tido por eles como “inimigo declarado”.

 

Dupla facilidade
A campanha do candidato á Aleac, Jonas Lima (PT), cresceu por ter estrutura e ser simpático.

Chegando bem
Outro que chegou bem na reta final e deve se eleger é o candidato Geraldo Pereira (PT).

Morrer na praia
Se o candidato Merla Albuquerque, um dos melhores quadros do PT, não tiver uma estrutura forte na Capital, ele corre o risco de vir muito bem votado de Feijó e morrer de novo na praia.

Eleger os dois
Só uma zebra impede o PDT de reeleger os deputados estaduais Walter Prado e Luiz Tchê.

Mesma coisa
Candidatos a deputado estadual dos partidos nanicos choramingam que não foram olhados com carinho pela direção da FPA, como se isso fosse alguma novidade em todas as eleições.

Zenildo vieira
É outro entre os candidatos a deputado estadual pelo PT que chegou bem no funil.

Candidato baião-de dois
Dá uma fome danada ouvir o Tião Bocalon (PSDB) só falar em arroz e feijão, motivo pelo qual  vem sendo chamado de “candidato baião-de- dois”, alusão ao prato feito com os ingredientes.

Coisa séria
O candidato ao governo, Tijolinho (PRTB), anda brabo com a imprensa, acusando-a de não lhe dar a dimensão que merece. Grande Tijolinho! Eleição no Acre, sem Tijolinho, não tem graça.

Eleição decidida
Só por um milagre, algo que fuja á normalidade, o candidato ao governo, Tião Viana (PSDB), não ganhará a eleição no primeiro turno. É pelo menos o que as pesquisas apontaram até aqui.

Imagem construída
O seu forte é o interior, onde sempre se fez presente ao longo do mandato, daí porque a sua eleição não se deve a nenhum marketing, mas a uma imagem construída com ações políticas.

Saiu do purgatório
Após uma longa expiação, quem saiu do purgatório do PT, foi o radialista Washigton Aquino, que puxava com palavras de ordem no microfone a passeata de terça-feira última da FPA.

Nada impossível
Os números finais mostram que é factível a oposição eleger três deputados federais.

Cuidado com este nome
Neto Pro Link. É um nome que pode surpreender na coligação PTC-PSDC.

Nomes fortes
Além dele, nesta coligação, disputam prováveis duas vagas, Eber Machado, Tarcísio Pinheiro, Edvaldo Sousa, Ed Celular, Silva e Artêmio.

Velho método………………………………………………….
A candidata a deputada federal Zila Bezerra (PTB) voltou no mesmo estilo de outras campanhas políticas, montando estruturas financeiras de última hora, não atentando que, a justiça eleitoral e a PF estão bem mais atentos nesta eleição. Os tempos são outros, minha senhora!.  Zila não deu a mínima bola para os candidatos do PTB e aos dirigentes do partido.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation