Binho sobrevoa a cidade para vistoriar andamento de obras

O governador Binho Marques realizou ontem, 29, inspeção aérea às obras de habitação e infra-estrutura dos programas Minha Morada e de Pavimentação de Vias Secundárias, e das Zonas de Atendimento Prioritário (ZAPs) em Rio Branco.
Binho_inspeo
O helicóptero Comandante João Donato sobrevoou os dois distritos da Capital para avaliação do andamento dos serviços.  São 76 frentes de trabalho ligadas à Secretaria de Habitação Social (Sehab), sendo que 57 são canteiros para construção de moradias populares. A Sehab calcula que pelo menos três mil pessoas estejam trabalhando nesses canteiros.

As obras estão beneficiando diretamente cerca de 14 mil pessoas e já transformaram completamente áreas que antes se encontravam social e ambientalmente degradadas, sendo transformadas em mini-Parques da Maternidade.

As ZAP’s visitadas pelo governador foram Conquista, Chico Mendes, Igarapé Fundo, Santa Inês e Palheral, regiões onde as mudanças são objeto de contemplação. Os bairros estão sendo beneficiados com obras de urbanização (asfaltamento de ruas, calçadas e ciclovias);  saneamento básico, recuperação de margens de igarapés e habitação.
As Zonas de Atendimento Prioritário (ZAP’s) são um conceito de política pública para levar serviços básicos e estruturantes às comunidades mais carentes do Acre.

A Sehab prevê para o final do mês de outubro a inauguração das ZAPs Chico Mendes e Santa Inês e em novembro será entregue a ZAP Conquista. “Para onde a gente olha, vê investimentos. A cidade está mais bonita para quem mais precisa”, disse o governador acerca do esforço em dotar Rio Branco de melhores condições.

Binho lembrou que são cinco parques que estão sendo implantados nas ZAPs. Juntas, consomem R$150 milhões para não apenas dotar de beleza estética mas, modernizar a infraestrutura aliada à serviços de saúde e educação de qualidade para todos.

Praça no Santa Inês é homenagem à juventude
A área de influência da ZAP Santa Inês, região que tem mais de vinte anos de ocupação, beneficia mais de 1.400 famílias e mais de 5mil pes-soas. 307 famílias foram removidas de suas antigas casas para morar no conjunto residencial, e 90 preferiram receber indenização.

Em 2009, a ZAP Santa Inês foi instituída como Território de Paz, passando a receber importantes investimentos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) do Ministério da Justiça.

A Praça da Juventude, por exemplo, está sendo construída com recursos dos Pronasci ao custo de mais de R$ 2 milhões e tem projeto gerenciado pela Secretaria de Segurança Pública. Possui equipamentos como teatro, quadras de futebol society e de vôlei, centro de convivência da Terceira Idade.

Ruas asfaltadas e infra-estrutura completa: a nova face dos bairros
Não faz muito tempo a maior parte da malha viária da Capital não possuía captação de águas pluviais e coleta de esgoto, mas essa realidade vem se alterando radicalmente. Até o fim do ano, 70% do esgoto produzido em Rio Branco será coletado e tratado.

Apenas com o Programa de Pavimentação de Vias Secundárias, coordenado pelo Departamento Estadual de Estradas de Rodagem, Hidrovias e Infraestrutura Aeroportuária do Acre (Deracre) estão sendo utilizados 10.000 metros de tubos para drenagem.

“70% do programa estão executados. Nossa previsão é que até o começo do inverno tenhamos concluído os trabalhos”, disse Gilcélia Viana, coordenadora do programa. Em todas as ZAPs e obras dos programas Minha Morada existem estações de tratamento de esgoto construídas ou em construção.

Em breve, Rio Branco terá 42 quilômetros de ruas asfaltadas pelo sistema de tratamento superficial duplo (TSD) e cimento asfáltico de petróleo (CAP) – este aplicado nas vias maiores e de maior fluxo de veículos e pessoas.
No total, o Programa de Pavimentação de Vias Secundárias irá investir perto de R$ 30 milhões em 175 ruas de 35 bairros. Também há serviços de detalhamento, como implantação de meio-fio e sinalização.

Complexo viário da 4ª ponte está em fase de conclusão
As obras do Complexo Viário da 4ª Ponte/Avenida Amadeo Barbosa estão em fase de conclusão. Na avenida estão sendo realizados os trabalhos finais de calçamento, pavimentação e a iluminação, além da terraplanagem na rotatória do bairro Areal e Via Chico Mendes.

Na 4ª ponte, estão sendo instalados postes Tang Fusion com 12 metros de altura e luminárias de 400 watts similares aos da ponte Vasco da Gama, na cidade do Porto, em Portugal.

A ponte tem 290 metros de extensão e a avenida tem 4,5 quilômetros. Integram o complexo 1,5 quilômetro de ruas de acesso, viadutos, galeria, calçada, ciclovia e parque urbanizado. No total, estão sendo investidos pelo Governo do Estado, cerca de R$ 60 milhões em recursos do Tesouro Estadual e do BNDES. (Agência Acre)


 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation