Gazetinhas 02/10/2010

* A onça está descendo a ribanceira.

* Vamos lá!

* Agora é pra valer.

* Os eleitores só precisam de um documento com foto para votar.

* Nos bastidores a coisa está mais quente do que nunca.

* As denúncias de compra de votos não param de chegar ao TRE.

* As listas com nome e sobrenome, número do título e seção é o pau que rola.

* Dinheiro em caixas de papelão também está circulando pela periferia.

* É tanta denuncia que está faltando gente para apurar.

* Mas todo cuidado é pouco.

* Dinheiro, listas e “colinhas” podem comprovar a compra de votos e quem for eleito dessa forma pode perder o mandato.

* Tô avisando.

* Engraçado. As pesquisas internas só beneficiam os candidatos que as encomendam.

* Agora, a pesquisa que vai valer mesmo é o resultado das urnas amanhã.

* Já fiz minhas apostas.

* Candidata Marina finalmente pediu voto para ela e Dilma irem para o segundo turno.

* Se esse discurso tivesse acontecido desde o começo da campanha talvez tivéssemos duas mulheres disputando o segundo turno para presidente.

* Até apostaria uma cerveja véu de noiva no Point do Pato.

* A galera, que não quer passar o sábado e o domingo de bico seco, já fez seu estoque de cerveja.

* A Lei Seca vigora de hoje até amanhã, às 20h.

* Nesta reta final vale tudo.

* Até ligações e mensagens de texto de quem nunca falou com a gente.

* Minha caixa de mensagens está lotada!

* É o tipo de ação de marketing que não funciona.

* Eleitor gosta mesmo é do olho no olho, do corpo a corpo.

* Informações chegando do Vale do Juruá dão conta de que a coisa não está definida.

* Só vai se definir amanhã.

* O que foi feito, foi feito e não adianta chorar sobre o leite derramado.

* Voto quebra mais do que arroz de terceira.

* O certo mesmo é que a balsa já está ancorada na Gameleira e parte na segunda rumo à Manacapuru.

* As picadas dos insetos, a gozação pela derrota e o choro dos surubins são crudelíssimos!

* Presidente do TRE, desem-bargador Arquilau de Castro Melo, colocou a “Boca no Microfone” na 93,3 FM e disse que se a Justiça Eleitoral tivesse dinheiro, acabaria com a compra de votos.

* A idéia seria oferecer mais dinheiro pela denúncia de compra de votos.

* Nada de aglomeração amanhã.

* Nada de azular ou vermelhar se não podem passar o dia no xilindró e só serão liberados no final do dia.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation