Gazetinhas 26/10/2010

* A partir de hoje e até 48 horas depois da eleição de domingo, segundo a legislação, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido.

* Salvo, em flagrante delito ou em decorrência de sentença condenatória por crime inafiançável ou ainda por desrespeito ao salvo-conduto.

* Portanto, 37, esteja livre, mas comporte-se. Não vá sair por aí fazendo besteira.

* Em tempo: o telefone toca logo cedo. É um leitor querendo saber se no segundo turno estará também em vigor, segundo ele, bingunço, “a famigerada” Lei Seca.

* Claro que sim.

* Dia tenso ontem no TRE por conta da renúncia da juíza eleitoral, Arnete Guimarães.

* A propósito, depois do caso do rancho Boi Cagão, o TRE ainda está às voltas com o caso do Buzão.

* Buzão é aquele ônibus que o deputado eleito Walter Prado usava e que a Polícia diz ter sido roubado em São Paulo.

* Mas que a empresa do Rizzo diz que não foi.

* Dilma ou Serra; Serra ou Dilma?

* Está chegando o grande dia.

* Até domingo, a conferir ainda algumas rodadas de pesquisas.

* Enquanto isso, twiteiros, blogueiros, siteiros estão em atividade febril, despejando seus sacos de maldades na grande rede.

* Têm lá seus efeitos, mas a rigor, a rigor mesmo, o povão ainda não virou twiteiro e é quem vai decidir.

* Em tempo: leitor Mário Amorim manda e-mail com uma observação interessante.

* Segundo ele, até agora, os analistas políticos só tentaram descobrir para quem vão os 20 milhões de votos de Marina Silva.

* “E os votos do Tijolinho?”, pergunta o leitor, para completar:

* “Não é nada, não é nada, não é nada mesmo o 1% que ele obteve na eleição para governador”.

* Maldade pura.

* Choveu um tiquinho, mas é crítica ainda a situação da travessia da balsa do Rio Madeira.

* Taí uma das primeiras, senão a primeira, prioridade para os novos senadores e deputados federais cuidar.

* Além do abastecimento local, sem uma ponte sobre aquele rio, falar em ZPE e interliga-ção com o Pacífico fica tudo muito capenga.

* O mesmo vale para o setor energético.

* Sem o segundo linhão, nem fábrica de pirulito dá pra tocar com segurança e planejamento.

* Mais um final de semana carregado no setor policial com acidentes e mortes, assassinatos e até um cadeirante foi preso traficando.

* Droga virou um caso sério.

* Choveu um bocado no final de semana, mas ainda é pouco para apagar as conseqüências da grande seca deste ano.

* No Amazonas, até o Rio Negro secou.

* Muitas homenagens merecidas ao Pelé no final de semana pelos 70 anos.

* Mas o marrento Romário, agora deputado federal, sim senhor, continua com a razão:

* “Pelé calado é um poeta”. 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation