Política local 23/10/2010

“Serra será no Acre um parceiro de Tião Viana”.

Governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Bem diferente
A oposição não projete para a disputa da PMRB de 2O12 o ocorrido na recente eleição, onde a oposição quase ganha o governo e fez um senador. Uma coisa é ter no comando um governo técnico a outra é ter Tião Viana, vindo do parlamento, com sensibilidade política e com tempo para uma correção de rumos.

Com Marina
O deputado federal Henrique Afonso (PV) seguiu Marina Silva (PV) ao não apoiar nenhum dos presidenciáveis que foi ao segundo turno.

Dose de razão
Henrique foi humilhado pelo PT por ser a favor da vida e saiu para não ser expulso.

Candidato preferido
Binho Marques é o nome que a oposição gostaria de enfrentar na disputa da PMRB em 2012.

Suspeição arguida
A juíza Arnete Guimarães fez o melhor: não vai votar no TRE em causas que envolvam o PT.

Quero o meu
Profissionais que trabalharam na campanha de televisão do candidato ao governo Tião Bocalom (PSDB) prometem um protesto público se não receberem seus salários.

Mão no bolso
Paguem a rapaziada, façam uma cota, pois quem não pode com o pote não pega na rodilha.

O preferido
Dentro do PMDB Tião Bocalom (PSDB) é o preferido para disputar a PMRB em 2012.

Nada fácil
Não será fácil Márcio Bittar (PSDB) coroar seu sonho de ser candidato de consenso à PMRB.

Primeiro secretário
O deputado Ney Amorim (PT) fala como se já fosse o primeiro secretário da próxima mesa diretora da Aleac.

Discussão
No debate entre os defensores do NÃO (77) e SIM (55), ontem, na TV-Rio Branco, aconteceu um desnível: os que defenderam o NÃO estavam bem mais preparados que a turma do SIM.

Colado no homem
Tião Bocalom (PSDB) colou da chegada até a saí-da do governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin. Tirando carta de seguro para ser candidato à PMRB em 2012.

Em todas
Quem estava em todas as fotos era o Charqueiro com seu chapelão e duas placas com o 45.

Não esperem
A deputada eleita Toinha Vieira (PSDB) não deverá ser uma oposicionista ferrenha e tal como seu marido, o ex-deputado José Vieira (PSDB), não é do debate duro.

Função ingrata
O deputado eleito Astério Moreira (PRP) não quer nem ouvir falar em liderança da base do governo. Acha que isso é função a ser exercida por deputado eleito pelo PT.

Curiós em muda
Os deputados Moisés Diniz (PCdoB) e Hélder Paiva (PR), virtuais candidatos à presidência da Aleac, os favoritos, não falam no assunto, estão igual curiós em muda, nem piam.

Esperando sinal
Não vão dar um passo antes de ver a fumaça branca sair da chaminé do governador eleito Tião Viana (PT).

Sempre sobra
A ex-vereadora Ocenilza Saraiva (PCdoB) está de olho na disputa da prefeitura de Senador Guiomard. Só depois que eu ver! Sempre que é candidata seu partido puxa o tapete.

Nos tribunais
Não opino por não conhecer as provas, mas, posso adiantar que os deputados federais eleitos Sibá (PT) e Taumaturgo (PT) terão problemas futuros no TRE/AC.

Sacudida política

O governador eleito Tião Viana (PT) não necessariamente tem que colocar um dirigente partidário numa secretaria para fazer uma administração política, mas cada secretário seu tem que ter sensibilidade política, se quiser recuperar a derrota da FPA na Capital na última eleição. Fizeram um governo unicamente técnico e foram reprovados nas urnas. É a lição a ser tirada com sabedoria para 2012.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation