República Independente do Acre

* Pacei mau no Nats de uma leide (que quer dizer niver em inglez) do Dia do Médico!

* Gentes mil vinhérão me abrassar, e me bejárão e me cervírão e me dicérrão que me ademírão.

* Uma kalunista do meu quelate cempre é distaque nos salões da Auta Sossiedade, então  eu fui atendida rapidamente, como se estivéce na Fundhacre de Goiânia.

* Comi muitos assepípedes e quixutes diverços e tive que cer subimetida a uma  injessão de supozitóril de unha-de- gato do Dr Raiz pra poder tornar.

* Ririri, eu me abro!

Só me lembro de quando eu xeguei de Camutama – onde eu e papai mau tínhamos um ovos pra comer –e a Dona Ivete marcou para eu ir ao Point do Pato maiz ela.

* Eu quaze jantei naquela noite, maiz a Dona Ivete me levou foi para o Mercadim do Bosque.

* Foi uma baixaria, por que a Dona Ivete me dice: – Kaká, vamo comer cuscuz?

* Eu ruborizei: – Dona Ivete, vamo comer com as mãos mêrmo!

* Maiz vamo mêêêêêrrmooo!!

* A Dona Ivete é minha ídola, a minha muza (E do Seu Silvio, claro!) e foi ela que me deu de um tudo até que o Seu Silvio vil o meu potenciau e me introduzil na Redassão.

* Este Matutinho é o que A. É o O, ó!

* Hôge eu sou requizitada para vizitar a mezon das mulheres maiz mortas de xicozas e seus espozos xeios de Uísque Isco- 6 e dinheiro no balde, e ainda cauzo inveja a as peçouas.

* Conhêsso lulus e patrissinhas que dão de um tudo para sair nesta Kalúnia, maiz eu não dou pra xeirar, que não é roza!

* Não estou nem préo com aquele tauzinho de Seu Luiz Theodoro, que veve me aboicotando, me pessiguindo e não me deicha se afilhiar- me a a Açociassão dos Comunistas Sociaiz.

AAfra5
* Nêce centido, esta titular foi acistir ao comícil do Seu Serra feito pelo Seu Alquimim, que reunil opozissão de A a Z no ezcurinho do SESC Bosque esta cemana.

* A pezar da farta energia, uma repórter de kalunismo investigativo preciza estar bem antenada, puriço logo tentei uma entrevista coletiva eizcluziva com o Plantão da Eletroacre.

* O Seu Silvio- o patrão da Dona Ivete – dice que a matéria eizpessial vai ao ar na edissão da cemana que vem, quando esta titular comprar crédito para o celular, Claro!

* Me polpe!

* Quem tambéim estar fazendo anos esta cemana é o proctologista Dotô Judson Barbosa, amigo peçual desta titular.

* Çobre a meza da Kalúnia, convite para o nats de uma leidi- que quer dizer niver em inglez- do Seu Cabileira, onde esta titular (Irc!) vai tirar a pivídia no Feriadão do Nats de uma leidi do Dia de Finados.

* Não é fássil cer a Quiridinha do Jeg- Set!

* Na minha larga eizperiênssia– e digo larga por que é de anos! –  poço a firmar que a náiti em Rio Branco está é fervecente deiz de que os doiz cazal Seu Athos e Dona Denise inalgurárão o pão- de-quejo no cardápil das festas maiz o Ó da cidade.

* Deiz de que axárão o manêijo SUS – tentável de boi na Rezerva Chico Mendes e a Dona Ilzamar serrou, nunca maiz esta kalunista foi a Xapurí, maiz o ôrtoflorestau tufou de gentes e até bolivianos estão ispondo na Panamazônica, arraiau fora- de-época temporão que antessede o final da Expoacre 2011.

* Parabéinz ao Seu Cassiano Marques, que é Sec. de Tur., Esp. e La. do Gunvêrno do Estado!

* O Seu Cassiano faiz de um tudo para a integrassão do Acre, seija levando a nossa farinha Peru afora, seija trazendo as coizas do Peru a dentro com o Seu Angelim.

* Outro que está em auta no Rái Çossaite é o dep. Est. Reel. Walker Prado, que tem dado apôil aos concecionárils do transporte coletivos de ônibus no plenáril rejional das estradas vissinais do eleitorado.

* Aliáz, a ceguransa pública é o caucanhar da Aquiles Peret, local maiz violento do que paceata de candidato a prezidente da república, onde se roba até imaije de televizão.

* Acim, esta Kalúnia decha sua controbuissão ao Reverendo do Seu Arquilau:

* Se vai votar para ficar, dijite 55; se vai dechar de votar para voltar pra frente, vote 77. Maiz, se quer empatar, abarque 51!

* Fuiiiii!

Assuntos desta notícia

Join the Conversation