INSS: autorização deve sair após 2º turno das eleições

Com a proximidade do fim do ano, o aguardado concurso público para área de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que, segundo o ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, deverá sair até dezembro, tem mobilizado inúmeros candidatos pelo país afora. Desde o último dia 14, o pedido está sob análise da Assessoria da Secretaria Executiva do órgão. Segundo fontes ligadas à Diretoria de Recursos Humanos do INSS, a autorização deverá sair após o 2º turno das eleições presidenciais, que acontecem no próximo dia 31.

O objetivo do INSS é oferecer 2.500 vagas, sendo 2 mil para o cargo de técnico e 500 para o de analista do seguro social. Nos fóruns da internet, inclusive na Folha Dirigida Online, os interessados em participar não veem a hora de a seleção ser autorizada pelo Ministério do Planejamento (MPOG). Exemplo disso, é a candidata Ivanilda Guedes da Silva, de 26 anos. “Eu estou ansiosa com a realização do concurso, até mesmo porque estou desempregada desde o ano passado, e vejo essa seleção como a minha chance. Tenho estudado bastante. É o meu objetivo e sei que posso alcançá-lo”, frisou.

Ivanilda, que pretende concorre ao cargo de técnico do seguro social, diz que crê que o concurso saia em breve. “Se o ministro afirmou que a intenção é fazer a seleção até dezembro, acho que isso mesmo deverá acontecer. Por isso, venho estudando ainda mais”, explicou.

O cargo de técnico do seguro social, requer o nível médio (antigo 2º grau) – o certificado de conclusão somente será exigido na ocasião da posse. Em virtude disso, a seleção poderá ser uma ótima alternativa para jovens que terminarão o ensino médio nos próximos meses. Os vencimentos iniciais são de R$ 2.980 (incluindo o auxílio-alimentação de R$ 304), mas com a gratificação de desempenho os rendimentos poderão chegar a R$ 3.280. Os profissionais são responsáveis pelo atendimento aos segurados.

A função de analista tem exigência de nível superior, em diversas áreas de formação. Por exemplo, na última seleção para a carreira realizada em 2007, foram oferecidas vagas para graduados em Arquitetura, Contabilidade e Comunicação Social, entre outras. A remuneração é de R$ 4.917, contando com o auxílio-alimentação (R$ 304). Os ganhos poderão ser elevados a R$ 5.580, em virtude da gratificação de desempenho. Os profissionais trabalham na análise e concessão de benefícios. (Folha Dirigida)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation