Uma ponte essencial

O Acre tem passado por problemas cruciais de abastecimento devido a um problema originado em Rondônia. Enquanto não for construída uma ponte sobre o Rio Madeira os acreanos viverão sobressaltados pelos caprichos da natureza. Tanto enchentes quanto secas poderão criar entraves sérios para o abastecimento do nosso mercado devido à interrupção do trafego da BR-364 nas proximidades da nossa fronteira com Rondônia.

Um complicador para essa situa-ção é o fato dos políticos rondo-nienses não estarem preocupados com essa obra. Como Porto Velho é praticamente a última grande cidade do estado vizinho em direção ao ocidente e está muito distante desse ponto de travessia do Rio Madeira é natural o desinteresse.

Portanto, cabe à Bancada Federal Acreana pressionar o Governo Federal para que essa obra aconteça o mais rápido possível. No momento o Acre constrói pelo menos seis grandes pontes internamente. A utilidade da nossa integração interna poderá perder a sua eficácia se o problema da travessia do Rio Madeira não for solucionado com rapidez. Só uma ação suprapartidária com gestões diplomáticas com outros parlamentares da Amazônia surtirão o efeito desejado para a construção da ponte sobre o Rio Madeira. Eis uma boa oportunidade de haver uma união verdadeira entre as bancadas federais de todos os estados do Norte.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation