Clima frio de manhã e com chuvas à tarde marcaram o domingo de eleições

Como nas eleições passadas, o clima frio abaixo de 19ºC de manhã e as chuvas esparsas durante a tarde marcaram mais uma vez o ‘domingão eleitoral’ da Capital acreana.
Chuva_nas_eleies
Por causa de mais uma frente fria moderada, os rio-branquenses tiveram de se dirigir ontem às urnas agasalhados contra o frio e protegidos com capas contra as chuvas.

Outro transtorno do clima foram seções lotadas. É que alguns eleitores esperaram chuvas e ‘chuviscos’ passarem para então ir votar, mas chegando lá se deparavam com filas daqueles que tiveram a mesma idéia. 

Desta forma, as eleições acabaram não sendo do ‘jeito que o povão gosta’, com grandes multidões nas ruas. Por outro lado, foi uma poderosa aliada do TRE, com muita demanda reprimida de crimes eleitorais. Até propagandas acabaram restritas aos ‘santinhos’ de candidatos jogados por todas as vias públicas da cidade.  

O meteorologista Davi Friale informou que a frente alcançou temperaturas mínimas de até 14ºC no final da noite e começo da madrugada de ontem. A partir de hoje, a frente começa a perder forças. A partir de amanhã, terça, é provável que o clima retorne ao estado normal, com calor e pouca umidade do ar.

Além do clima frio e chuvoso da Capital, os municípios de Xapuri, Brasiléia, Capixaba, Feijó e Epitaciolândia chegaram a sofrer – em intensidades diferenciadas – vendavais que assustaram a população. Alguns foram tão fortes que derrubaram arvores de pequeno/ médio porte e locomoveram vários tipos de objetos (no geral leves) pelo ar.  

Assuntos desta notícia

Join the Conversation