Governo afasta tripulação após ‘flagra’ de garotas em helicóptero

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança,  afastou ontem a tripulação do helicóptero esquilo Cel. João Donato. O fato aconteceu após imagens de duas garotas em poses sen-suais dentro da aeronave caírem na internet, através do blog “Noticias e Fatos”. Nas fotos, tiradas à margem do Rio Acre, é possível ver ainda o piloto da aeronave e dois militares (que exibem armas) ao lado das jovens.
Heli1
Em nota oficial distribuída à imprensa, a secretária de Segurança, Márcia Regina, repudiou a conduta da tripulação e disse que as pessoas envolvidas nos fatos já foram afastadas. Uma sindicância para apurar as responsabilidades também foi instaurada.Segundo a nota, o helicóptero do Estado, que está em operação há cerca de um ano, “tem realizado um trabalho sério e responsável”. A aeronave foi adquirida em 2008 e custou R$ 7,9 milhões.

Heli2

 

Secretaria de Segurança PÚBLICA

Nota Oficial

A Secretaria Estadual de Segurança Pública reprova a conduta da tripulação do helicóptero Cel. João Donato, que permitiu o ingresso de pessoas estranhas no interior da aeronave, conforme fotografias divulgadas na internet. O helicóptero do Estado tem realizado um trabalho sério e responsável. Há um ano em operação, a aeronave já salvou vidas, ajudou a combater queimadas e apoiou o trabalho das polícias Militar e Civil no enfrentamento à criminalidade. Atendeu também o Tribunal Regional Eleitoral nas últimas eleições para garantir acesso às regiões isoladas do Acre. A Secretaria de Segurança afastou as pessoas envolvidas nos fatos e instaurou uma sindicância para apurar as responsabilidades e aplicará as sanções disciplinares apropriadas.

Márcia Regina de Sousa Pereira
Secretária de Estado de Segurança Pública

Assuntos desta notícia

Join the Conversation