Preocupação ambiental é política de Estado, diz ministra sobre sustentabilidade na Amazônia

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, afirmou hoje (13) que a política ambiental brasileira não é apenas uma política de governo, mas de Estado e que os resultados alcançados até o momento – sobretudo no combate ao desmatamento na Amazônia – “transcendem” o ciclo de governos.

“A partir do momento em que temos dados que nos mostram que o desmatamento está reduzindo, tenho que oferecer alternativas para o desenvolvimento daquela região. Independentemente do momento político que estamos vivendo hoje, temos uma preocupação do Estado brasileiro em gerar os insumos necessários para a formulação de novas políticas públicas”, disse.

Ao participar do seminário Visão Estratégica da Amazônia, Izabella afirmou que quer reunir a comunidade científica e os governos estaduais para que seja feita uma “reflexão de natureza estratégica” sobre os próximos passos a serem dados na Amazônia.

Durante o evento, o ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Samuel Pinheiro Guimarães, cobrou que cada pasta assuma metas específicas para a Amazônia. “Senão, corremos o risco de ficarmos em uma tentativa permanente de enfrentar esse desafio”, alertou.

Guimarães chegou a citar avanços como o deslocamento das Forças Armadas para regiões fronteiriças da Amazônia, mas avaliou que “o tamanho do desafio exige esforços ainda maiores”. (Agência Brasil)

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation