Restaurantes e vendedores ambulantes aproveitam para faturar neste domingo

Dia de eleições não significa só disputa. É também a chance perfeita para faturar alto, já que milhares de pessoas saem às ruas. Quem mais aproveita a data é o setor alimentício da cidade.
Vendedores_ambulantes_0410
Desde os bares e lanchonetes até os supermercados, todos não desperdiçam a chance de abrir as suas portas e ver o eleitor acreano se reabastecendo de comidas, em especial nas horas de pico (almoço e lanche). Não há dados específicos, mas estima-se que tais ga-nhos variem entre 10 a 40% se comparados com os dias normais de semana.

Mas quem tira maiores proveitos da situação não são nem os bares e muito menos os supermercados. Os melhores ganhos na relação custo-benefício são os restaurantes e pontos ambulantes de venda de comidas, situados próximos a seções eleitorais lotadas.

De acordo com Maria Socorro, vendedora e dona do carrinho de banana e pipoca doce/ salgada localizado em frente à Aleac, o movimento destas eleições foram muito bons até o início da tarde de ontem, com boas chances de superar as vendas de eleições passadas.

Ainda assim, a vendedora conta que abriu só por causa das eleições, e espera fechar um volume maior até o final do dia. “As pessoas circulam por aqui, mas infelizmente ainda não param para comprar. Talvez mais tarde, dando mais tempo da hora de almoço, elas queiram enganar o estômago com algumas bananinhas ou pipocas”, disse, esperançosa.

Ao contrário do que houve nas vendas ambulantes, os restaurantes tiveram como carro-chefe justamente o horário de almoço.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation