Pular para o conteúdo

Jovem de 18 anos é morto, tem braços decepados e corpo jogado no Rio Abunã

Pescadores encontraram, na manhã de ontem, 23, um corpo boiando nas águas do Rio Abunã, município de Plácido de Castro, distante da capital acreana 99 quilômetros.
Morte-em-Placido
A polícia foi informada do ocorrido e, ao retirar o corpo das águas, descobriu que se tratava de um crime de homicídio com requintes de crueldade.

O corpo foi identificado como sendo do jovem Raimundo Edson Constatino dos Santos, 18 anos, o ‘Solinha’,  morador daquela cidade e que estava desaparecido desde a última quinta-feira, 21.

O corpo apresentava sinais de tortura, com os dois braços decepados supostamente com golpes de motosserra ou de machado.

O corpo do rapaz foi reconhecido por familiares, que o identificaram por um brinco na orelha direita e uma tatuagem na perna.

Segundo informações de um irmão da vítima, o jovem Edson, o ‘Solinha’, era dependente químico. Quando era menor de idade, o rapaz foi acusado de participar de um crime de homicídio, ocorrido naquele município. Ele teria sido apreendido e encaminhado à Pousada do Menor.

“Não temos idéia de quem teria cometido tamanha barbárie contra o meu irmão. Ele era usuário de drogas, mas não se metia em confusão. Somente queremos que as autoridades policiais se empenhem ao máximo para desvendar esse crime e prender os culpados”, afirmou o irmão da vítima.