Jovem morre após ser atingido com um tiro por policial

Um adolescente de 17 anos morreu na manhã de domingo, 24, no hospital do município de Manoel Urbano, após ter sido atingido com um tiro na perna esquerda.

Segundo informações, o tiro teria sido efetuado por um policial civil na noite de sábado, 23, quando o policial tentava deter o menor de idade, que teria reagido a prisão.

A vítima foi encaminhada ao hospital daquela cidade, mas não resistiu à gravidade do ferimento e morreu.

O corpo foi transportado para o Instituto Médico Legal (IML) em Rio Branco, onde o médico legista atestou que a causa da morte do adolescente teria sido realmente o ferimento causado pelo tiro.

A polícia não forneceu mais detalhes do ocorrido. Informou apenas que o crime aconteceu na Rua Projetada, do município de Manoel Urbano.
O policial apontado como autor do disparo responderá sindicância na Corregedoria da Polícia Civil, a fim de esclarecer em quais circunstâncias que se sucedeu o disparo que teria causado a morte do rapaz.

Já é o segundo caso – Na última quinta-feira (dia 21), no município de Sena Madureira, Vale do Iaco, um incidente feriu uma adolescente de 15 anos. Ela foi atingida com um tiro na perna.

Segundo informações, um policial militar voluntário, cujo primeiro nome seria Sebas-tião, estaria dentro de casa manuseando (limpado) uma arma. Ele teria esquecido uma munição na câmera (agulha) da arma, que disparou, acidentalmente, atingido a adolescente de 15 anos. Ela seria a cunhada do policial.

O tiro acertou uma das pernas da vítima, que foi socorrida por uma equipe de paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ela foi encaminhada ao Hospital João Câncio, mas devido à gravidade do ferimento teve de ser transferida ao Pronto-Socorro de Rio Branco, onde continua sob cuidados médicos.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation