Polícia na fronteira prende homem que decepou mão e matou esposa com facão

Edson Gomes de Melo, 42 anos, conhecido por ‘Takira’, acusado de ter assassinado a esposa Maria de Souza Barbosa, 47 anos, a popular ‘Galdina’, por volta das 23h30 da última quarta-feira, 6, na Avenida Dr. Lewerger, 3983, bairro 10 de Abril, na cidade de Guajará-Mirim, confessou o crime.

De acordo com dados policiais, Galdina foi agredida por Edson durante uma discussão familiar que virou luta corporal. O acusado se apossou de um facão/terçado e a atingiu em várias partes do corpo, tendo decepado parte da mão esquerda da mesma e ainda a ferindo com um golpe na testa e no rosto.

Fuga – Gomes, após o ato, empreendeu fuga numa bicicleta, se homiziando na Bolívia. A arma do crime foi localizada no quintal da casa, com vestígios de sangue.

Galdina foi socorrida pela ambulância do Corpo de Bombeiros e poli-ciais militares, mas morreu quando recebia tratamento médico no Hospital Regional.

Desde o momento do fato um grupo de amigos da vítima saiu no encalço de capturar o suspeito. Na manhã desta sexta-feira, conseguiu detê-lo nas margens do Rio Mamoré, no lado boliviano, localidade ‘Cachoeira Mamoré’. Com apoio de populares daquele país e da Polícia Nacional boliviana, ele foi transportado ao Brasil.

A guarnição do cabo PM Calmont, auxiliado pelos PM’s Leogilson e Nascimento, foi acionada a comparecer na Praia do Acácio, onde Gomes seria entregue à Polícia Militar. Para lá também foi uma viatura da Polícia Civil.

As duas patrulhas, com apoio do sargento PM RR Benedito e outras viaturas de serviço, montaram esquema de segurança para a chegada do preso, tanto na beira do rio como na delegacia, pois havia suspeita de linchamento.

Edson, em depoimento, confessou a autoria do crime e disse que está arrependido. (Rondoniaagora)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation