PRF apreende acreana com mais de 20 Kg de cocaína que recheavam peças de móveis

Droga era levada por uma mulher de Rio Branco com destino à Fortaleza, no Ceará
Prf_mveis
Por volta das 20h30 desta terça-feira(05) na BR 364, em Vilhena (RO), na divisa com o Estado do Mato Grosso, a Polícia Rodoviária Federal(PRF) apreendeu 20.131g de cocaína oxidada e prendeu em flagrante a passageira de um ônibus, que transportava a droga camuflada dentro de móveis guardados no bagageiro.

Policiais Rodoviários Federais em ação de combate a criminalidade e segurança em áreas de fronteira, abordaram o ônibus M. Benz de placas NVO 5753-GO, da linha Porto Velho/Goiânia.

Ao efetuarem vistoria nas “bagagens de mão” dos passageiros, buscando identificar a presença de criminosos, notaram que a passageira L. L. F. de 32 anos, demonstrou nervosismo excessivo, entrando em contradições quando perguntada sobre origem e destino de sua viagem.

O fato acabou levando os policiais a darem atenção especial às suas bagagens, inclusive as que estavam no bagageiro, onde os policiais constataram a existência de várias peças de armário e cama, pertencentes a ela.

As peças foram cuidadosamente examinadas, sendo inclusive retirada a parte superficial que recobria uma delas, a ação acabou revelando a existência de pacotes plásticos contendo substância análoga a cocaína, que estavam acondicionados de modo a  despistar qualquer fiscalização, uma vez que literalmente “recheavam” a peça de madeira.

As demais peças foram examinadas e também estavam recheadas com pacotes idênticos. Foi providenciada então a retirada dos pacotes de todas as peças, totalizando 74 pacotes que somados pesaram 20,131kg de cocaína oxidada.

Através do bilhete de passagem e do apurado pelos policias, não restou duvidas de que os móveis desmontados pertenciam a L. L. F., sendo confirmado pela mesma. Sem ter mais como se esquivar da autoria do crime, ela teria afirmado aos policiais que havia sido contratada por uma mulher para transportar o entorpecente de Rio Branco (AC) para Fortaleza (CE), onde seria entregue a uma pessoa que faria contato através de celular, e ainda que receberia a importância seis mil reais pelo serviço, onde foi adiantado R$ 1000 e o restante após a chegada na Capital cearense.

Teria dito também que o esquema montado para tentar enganar a policia, foi embarcar em Rio Branco e descer em Ji-Paraná. Em seguida embarcar em outro ônibus com destino a Goiânia e somente de lá seguiria para Fortaleza.

Diante dos fatos os policiais procederam então a apreensão do entorpecente, de 02 celulares e de R$ 670,00 em dinheiro, e deram voz de prisão em flagrante a passageira, por posse e transporte de drogas ilícitas, sendo conduzida ilesa a Delegacia da Policia Federal em  Vilhena. (O alto Acre)

Prf_mveis_2

Prf_mveis_3

Assuntos desta notícia

Join the Conversation