Suposto amante de vereadora é preso acusado de matar ex-presidente do PT

A Polícia Civil do município de Feijó prendeu na última sexta-feira, 15, Francisco Adriano Souza Sampaio, 22 anos, acusado de participação na morte de Nilson Taumaturgo, 44 anos, ex-presidente do diretório do Partido dos Trabalhadores (PT) daquela cidade.
Vereadora1510
A morte de Nilson ocorreu no dia 26 de abril deste ano, durante um suposto acidente de trânsito. A polícia afirma que o acidente teria sido simulado para tentar esconder um crime de homicídio.

Francisco Adriano foi preso na casa de parentes de Feijó, no exato momento em que se preparava para fugir daquele município.

Segundo investigação da polícia, Francisco Adriano seria o suposto comparsa da vereadora Marleidy Dourada, mulher da vítima. Segundo denúncia da polícia, à épocan ela teria um relacionamento amoroso com Francisco e isso teria motivado a trama da morte do marido.
A vereadora Marleidy foi presa na semana passada pela mesma acusação. O delegado responsável pelo inquérito e prisão dos acusados pretende encaminhá-los ainda nesta semana para o presídio do município de Tarauacá.

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation