Governo do Acre condecora autoridades peruanas

Boas relações pessoais e sociais são fundamentadas em demonstrações de amizade, respeito e considerações. Boas relações entre países e nações também são construídas assim. Brasil e Peru, duas nações vizinhas, estão se voltando uma para outra e estreitando relações econômicas e sociais. O Acre tem dado uma grande contribuição para isso.

Na noite desta terça-feira, 26, o governador do Estado, Tião Viana, deu mais uma demonstração de que o Acre cumpre um papel fundamental na integração entre os dois países. Viana concedeu comendas da Ordem da Estrela do Acre ao governador da província peruana de Ucayali, Jorge Velásquez Portocarrero, e ao presidente do Conselho Regional de Ucayali, Nilo Demetrio Maguiña Vásquez, ambos no grau de Grande Oficial. No Brasil, o Conselho Regional é o mesmo que Assembleia Legislativa.

A cerimônia aconteceu no Palácio Rio Branco, com todas as honrarias que o momento exigia. Estavam presentes ao evento, além do governador Tião Viana, grão-mestre da Ordem da Estrela do Acre, o vice-governador César Messias, a chefe do Gabinete Civil do governador, Márcia Regina de Souza Pereira, chanceler da Ordem, e as mais importantes autoridades do Estado, entre elas o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Pedro Ranzi, o procurador-geral do Estado, Sammy Barbosa Lopes, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Élson Santiago, o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Acre, conselheiro Ronald Polanco, deputados estaduais, secretários de Estado e autoridades civis e militares.

A Ordem da Estrela do Acre é a mais alta distinção concedida pelo Estado do Acre a personalidades consideradas dignas de reconhecimento do povo acreano. Jorge Velásques e Nilo Demétrio fizeram jus à comenda em virtude de seus esforços e contribuições para a integração regional e aproximação econômica e social das duas nações.

O governador Tião Viana falou da importância do momento e da sua representatividade como gesto de aproximação entre Acre e Ucayali. Ele lembrou que o ato foi realizado em um ambiente onde a história do Acre é retratada pelas memórias dos tratados e acordos que culminaram na anexação do Estado ao território brasileiro.

Aos novos comendadores acreanos, Tião lembrou que os dois são, a partir de agora, oficiais da Estrela do Acre. “Nós temos a mais alta confiança de que os senhores levarão a boa imagem do Acre e a grande responsabilidade da formação histórica desse povo amigo”, disse o governador.

O governador Tião Viana disse ainda que o Acre deverá realizar outras atividades de aproximação. Entre elas, deve acontecer ainda este ano um encontro de literatura e memória histórica entre peruanos, bolivianos e brasileiros. Viana ainda anunciou a implantação de uma rota aérea entre as cidades de Cruzeiro do Sul, no Acre, e Pucallpa, capital de Ucayali. (Agência Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation