Rachadura em calçada em frente ao Colégio São José assusta a população

Uma rachadura um tanto acentuada na calçada da Rua Floriano Peixoto, em frente ao Colégio São José, assusta parte dos moradores e dos populares que passam pelo local, situado bem no Centro da cidade. Segundo contam os populares, a rachadura teria começado a aparecer nas últimas semanas, em virtude do grande fluxo de trânsito da área (que é inapropriada ao tráfego de veículos de grande porte, como caminhões) e da forte ação das chuvas sobre o solo que sustenta todo trajeto.
Calcada21
Moradores e lojistas contam que esta não é a primeira vez que ocorrem problemas estruturais no referido trecho. Com efeito, no começo de abril do ano passado – em plena estação do ‘inverno amazônico’- toda sustentação do mesmo local cedeu e um pedaço de cerca de 5 m da rua literalmente afundou alguns centímetros (cerca de 30). Na época, a Defesa Civil e o Detran reforçaram a interdição a veículos com peso acima de 15t e fecharam uma das mãos da avenida para conter o grande acúmulo de trânsito.

Após o ‘inverno’, a Secretaria Estadual de Obras (Seop) efetuou um trabalho de recuperação da estrutura e recapeamento do trecho. A obra é o que mantém o local seguro, ou pelo menos assim o aparentava até o surgimento da rachadura na calçada. Anteriormente, no final da década de 90, a secretaria estadual já havia feito uma revitalização maior do espaço, com um projeto de contenção de solo, para evitar que ele se expandisse e invadisse a rua. Mas o trabalho já foi desgastado pela ação do tempo e de veículos pesados que passaram pelo trecho.

Para saber se haveria alguma nova interdição ou mesmo algum projeto no próximo ‘verão’ para o local, A GAZETA procurou a Secretaria municipal de obras e foi informada que o caso seria estudado, mas que provavelmente a competência da rua seria do Estado. Na Seop, foi informado que o secretário Wolvener Camargo estaria em uma via-gem a Cruzeiro do Sul e deveria voltar ainda nesta semana. A reportagem irá procurá-lo para esclarecer melhor o assunto.   

Assuntos desta notícia


Join the Conversation