Tião negocia recursos para estudos de construção de 2ª pista do aeroporto

O Governo do Estado está em fase de negociação com a Infraero para a liberação de recursos que viabilizem estudos e projetos para a desapropriação da área de terra onde futuramente seria construída a segunda pista do Aeroporto de Rio Branco.
Aeroporto2904
O secretário de Planejamento, Márcio Veríssima, estima que o processo seja concluído em maio, mas não informou os valores dos recursos para a execução da análise. Somente após a conclusão dos estudos é que serão definidos e elaborados os projetos de ampliação do terminal e construção da pista de pousos e decolagens.

Inaugurado em 1999, o Aeroporto de Rio Branco foi projetado para atender o fluxo de passageiros e cargas até 2010. Devido aos problemas de estrutura e condições da pista (que tem 2.158m), perdeu o status de internacional, funcionamento com sistema de alfandegamento.  Desde agosto do ano passado, obras foram realizadas num trecho de 600m da pista. Isso baixou a capacidade operacional do aeroporto e obrigou as empresas a reduzirem o número de passageiros nas aeronaves.

Está prevista para o dia 6 de maio uma reunião em Brasília com representantes do Governo do Estado, Infraero, Polícia Federal, Receita Federal e Ministério do Desenvolvimento Agrária para discutir o processo de recuperação do status internacional do aeroporto, segundo informou a secretária de Esporte, Turismo e Lazer (Setul), Ilmara Rodrigues Lima. Com o alfandegamento, o serviço burocrático de migração, o desembaraço do passageiro e cargas e a análise de documentos são feitos através de amostragem, por equipes dos órgãos competentes.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation