Convites e credenciais

Há algum tempo existe uma confusão na mente de muitos e certeza na de outros: convites e credenciais para jogos pego com quem? E é por esse e outros fatores que, pela seriedade de algumas entidades, acabam pagando como chato, metido, mascarado e outros adjetivos impróprios para um jornal igual À GAZETA.

 Primeiro vamos explicar as regras do “jogo”. A Associação dos Cronistas Esportivos do Acre (ACEA) é reconhecida por representar os principais órgãos de comunicação do Acre, refiro-me aos que fazem cobertura esportiva, em especial o futebol, normalmente carro chefe de qualquer departamento desportivo.

 Segundo: a ACEA é uma parceira para que as reivindicações colocadas, sejam encaminhadas para quem de direito deve, para que os profissionais associados tenham totais condições de trabalhar com certa tranqüilidade. Porém nem sempre reivindicar significa conseguir, mas mesmo assim faz-se o papel como entidade representativa.

 Terceiro é que as Credenciais – objeto que serve para identificar o profissional no palco esportivo – são de uso exclusivo para quem está trabalhando. Ela serve para os profissionais da área de segurança ou coordenação identifiquem que ali se encontra alguém trabalhando para a comunicação, seja ela social ou não. O certo é que o pobre coitado que está no portão não tem obrigação de conhecer todos, por isso a importância da credencial.

 Quarto, e não menos importante, o convite – objeto que serve para identificar pessoas que irão adentrar a uma praça desportiva para usufruí-la, dentro de seus limites – , que são para quem vai somente assistir aos jogos.

 Infelizmente para alguns, ou muitos, acabam confundindo o dever da ACEA de auxiliar na condução dos profissionais para suas áreas. Porém a ACEA, como parceira, fica na obrigação de auxiliar os profissionais que cobrem o esporte, principalmente nos estádios. Nesta questão, segundo ficou acertado no Congresso Brasileiro promovido pela Abrace, a prio-ridade é para os órgãos que cobrem sistematicamente o esporte, para então aquelas que o fazem esporadicamente. Afinal no dia seguinte é o jornal esportivo quem precisa das fotos, textos, áudios e vídeos.

 Os convites não ficam com a ACEA, não são emitidos pela ACEA, e não são da responsabilidade dela também. Os mandantes dos jogos, e somente eles, tem o direito e a permissão de entregar convites. Aqui no Acre, o Governo também como principal fomentador do Estadual Acreano. Somente eles.

Ramiro Marcelo é jornalista e integrante ativo da ACEA.
[email protected]

Assuntos desta notícia


Join the Conversation