Gazetinhas 30/07/2011

* Viva!

* Hoje, tem jogo no Arena da Floresta com torcida.

* Na prorrogação da prorrogação, uma liminar derrubou a interdição do estádio.

* Jogo sem torcida não tem graça.

* Mal comparando, é a mesma coisa que missa sem fiéis.

* Só tem uma coisa: os responsáveis pela segurança do Arena terão que corrigir as falhas apontadas pela promotora Alessandra Marques.

* Ela não é de desistir em suas cobranças.

* Últimos dois dias de seguuura, peão…

* e seguuura, Tião!

* Ainda repercutindo bastante a entrevista publicada ontem neste matutino, assinada pelo Itaan (Arruda) Dias, com o marceneiro Francisco Alves Rabelo, de Porto Acre.

* Vale reproduzir aquele trechinho:

* “Eu nunca fui algemado por roubar. Nunca fui algemado por matar. Eu nunca fui algemado por agredir”.

* E completou: “Só fui algemado por trabalhar”, disse, referindo-se ao fato de ter sido preso por fiscais do Ibama por estar trabalhando com madeira.

* De doer, de lascar.

* Mas agora com o entendimento entre o Governo do Estado e o setor moveleiro, eles poderão trabalhar dentro da legalidade, com madeira certificada e tudo o mais.

* Aliás, alguém lembrava outro dia que se houvesse Ibama no tempo de São José e Jesus Cristo os dois se-riam também presos.

* Eram carpinteiros, de profissão.

* Em tempo: além dos marceneiros, o governador Tião Viana assinou ontem convênio com 15 Sindicatos dos Trabalhadores Rurais.

* Eles ainda existem.

* Marcou ponto o senador Jorge Viana ao ir a Lima para a posse do novo presidente do Peru, Ollanta Humala.

* O Acre precisa do Peru para alguns dos seus projetos mais importantes, como a ZPE (Zona de Processamento e Exportação).

*  É preciso uma aproximação com o novo presidente peruano, porque, segundo alguns analistas, é um político impre-visível, invocado.

* No mais, na política, tudo parado.

* Esse sumiço de adolescentes, registrado nos últimos tempos, remete a uma questão simples:

* E a responsabilidade dos pais como fica?

* Ainda sobre a Expoacre, muita gente na expectativa se o prefeito Raimundo Angelim vai ou não vai descer na tirolesa.

* Argh!

* Nada, não, leitor, são os torcedores ‘daquele time’ que estão simplesmente insuportáveis depois daquele jogo contra o Santos sem goleiro, na quarta-feira.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation