Política local 20/07/2011

“Nunca feches uma porta que não seja capaz de abrir”.

(Ditado persa)

 Arrastão político
O novo presidente do PP, deputado federal Gladson Cameli, onde passa joga o arrastão e consegue novos filiados. Tudo acertado. Serão anunciadas nos próximos dias as datas de filiações do ex-deputado federal Ilderlei Cordeiro, dos pastores Ildson e Edson Cameli e do suplente de deputado federal Gerlen Diniz. A meta do PP é disputar ao menos dez prefeituras.

Cara própria
Das novas adesões ao PP, o apóstolo Ildson disputará a prefeitura de Rio Branco e o pastor Edson Cameli, a prefeitura de Sena Madureira. Serão candidatos fora da aliança da FPA.

Fim do Vietnã
Alguns vão reclamar da medida do governo, mas foi acertado acabar com o “Vietnã” – aquele favelão de bancas de comida sem a menor higiene – que todo ano só aumentava.

Acima de tudo
O espaço da Expoacre, com a medida, ficou mais amplo e higiênico, acima de tudo.

Zero grande
Meu caro amigo Evandro Cordeiro você sempre tem boas fontes, mas a que dá meu nome como cotado para a Assecom é mais furada que taboa de pirulito; a chance é um zero grande.

Vidraça, nunca mais!
Minha fase de aporrinhação há muito tempo está esgotada, prefiro a atual fase zen.

Benefício embutido
Tem o lado bom de tirar milhares de famílias da lama e da poeira com o calçamento de ruas a tijolo, mas, pouco se fala do programa do governo gerar 14 mil empregos diretos e indiretos.

Mais comentado
O deputado Walter Prado (PDT), em vias de entrar no PSD, não quis entrar em detalhes, mas não negou estar seu nome cotado no PSD para vice na chapa de Fernando Melo (PMDB) à PMRB.

Dobradinha na polícia
Os dois trabalharam juntos na Segurança Pública: Fernando Melo era secretário e Walter Prado diretor de Polícia Civil, durante a administração do ex-governador Jorge Viana.

Frentão de Tarauacá
Em Tarauacá, o deputado Walter Prado diz estar trabalhando para que aconteça uma “frente única das oposições”, já que no município não existe segundo turno para prefeito.

Sem chance
Sobre a possibilidade da prefeita Marilete Vitorino (DEM) entrar na FPA para disputar a reeleição, Prado diz ser inexistente, porque o PCdoB jamais lhe daria a cabeça de chapa.

Melhor nome
O deputado Gilberto Diniz (PTdoB)  diz que a oposição de Sena reza  para o candidato a prefeito da FPA ser Jairo Cassiano: “ganhar dele é como empurrar bêbado ladeira abaixo”.

Daqui não saio
De uma coisa estou certo: Jairo é candidato a prefeito e será difícil o prefeito Nílson Areal convencê-lo a desistir da empreitada, até porque é seu vice e compartilha de seus segredos.

Grande verdade
Fora o prefeito Nílson Areal, não vejo outro nome com sua mesma densidade eleitoral.

Só no consenso
Entre os nomes do PT citados para disputar a prefeitura do Bujari surge o do empresário Zenildo Vieira (PT), mas este diz só aceitar no consenso e com o aval do governador Tião Viana.

Nome qualificado
Zenildo leva a vantagem de ser preparado e ter tido uma boa votação para deputado estadual. O último prefeito do PT, no Bujari, o Michel, foi um verdadeiro desastre administrativo.

Vira um porre
O cerimonial do governo deveria ter um parâmetro nas solenidades oficiais: coloca papagaio e periquito para falar e, quando chega a vez do governador, está todo mundo de saco cheio.

Conquistou o lugar
A pecuária, enfim, conquistou o respeito econômico que merecia, a Expoacre que o diga.

Fim do sufoco
Na primeira quinzena de agosto o governo prepara duas grandes inaugurações para Cruzeiro do Sul: a maternidade e a ponte sobre o Rio Juruá, duas obras importantes para o Juruá.

Rainha vermelha
Como a personagem “Rainha Vermelha” do filme “Alice no País das Maravilhas”, a presidente Dilma tem cortado a cabeça dos que ousaram fazer traquinagens nos ministérios. Dilma tem dado uma aula de ética e transparência no padrinho e antecessor Lula, que passava a mão na cabeça dos que pintavam e bordavam. Num belo exemplo, Dilma tem demitido os traquinos.

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation