Política local 23/07/2011

“Viúva com dinheiro é sempre noiva”.

(Ditado brasileiro)

Nas entrelinhas
Quem assistiu a última entrevista do prefeito Angelim na televisão chegou a seguinte conclusão: reforçou nas entrelinhas a tese de que cabe ao PT a cabeça de chapa na disputa da PMRB e é grande a sua preocupação por o nome do candidato não ter sido ainda definido.

Não vira sem o nome
Ontem, perguntei ao prefeito Angelim, quando o nome do candidato da FPA será conhecido? A resposta foi que o ano não será virado antes de se saber quem disputará a PMRB pela FPA.

Preocupação
É pertinente a preocupação da escolha do nome da FPA para colar nas ações de governo, pois, com nomes definidos, a oposição está nas ruas e bairros fazendo a campanha de prefeito.

Direto nos bairros
Enquanto o PT não se decide, o governador Tião Viana está direto nos bairros fazendo o lançamento de etapas do programa de pavimentação de ruas. Ontem, foi no Defesa Civil.

Estratégia diferente
Ao invés de discursar e ir embora, como é comum em atos dessa natureza, Tião Viana vai antes de casa em casa cumprimentando os moradores, aliando o fato administrativo à política.

Parte cedo
Dos candidatos falados para disputar a PMRB pela FPA, os deputados federais Perpétua Almeida (PCdoB) e Sibá Machado (PT) foram os únicos a dar as caras durante o evento.

Poucos deputados
De deputados estaduais os únicos notados foram Astério Moreira (PRP), Jonas Lima (PT) e Eduardo Farias (PCdoB), número pequeno para o grande número de parlamentares da FPA.

Elogios rasgados
Ia esquecendo, pela oposição apareceu o deputado Denilson Segóvia (PSC), fazendo elogios rasgados ao governo, como é comum em todos os atos em que o Tião Viana está presente.

“Oposição responsável”
Segóvia se apresenta nas solenidades do governo como “oposição responsável”.

Conversa política
O assessor político do governo, Nepomuceno Carioca, trabalha para ter numa aliança ao lado do PT, em Epitaciolândia, o grupo do deputado Astério Moreira (PRP), ainda indefinido.

Conversa marcada
Mas, está marcada uma conversa para a próxima semana para discutirem o assunto.

Como o diabo gosta
No Jordão, médicos, enfermeiros e demais servidores municipais da Saúde há 4 meses não recebem por incúria do prefeito Hilário: inadimplente, o município não pode receber recursos.

Até para falar é lerdo
Não sei como o prefeito Hilário se reelegeu. Quem o conhece sabe que até para falar é lento. Com um cabo-eleitoral deste, a oposição não precisará de ajuda para ganhar a prefeitura.

Nem acusar pode
O pior é que o prefeito Hilário não pode acusar ninguém pelo caos administrativo, pois, ele governa o Jordão no segundo mandato. Não conheço uma safra de prefeito pior que a atual.

“Padim Mauro”
Para o Pádua Bruzugu é Deus no céu e o secretário de Agricultura, Mauro Ribeiro, na terra. O chama de “meu padim Mauro”. Também, depois das 10 ovelhas e o carneiro ga-nhos, né?

Apoio certo
O prefeito de Acrelândia, Clovis Moretti (PMN), terá um apoio certo na disputa da reeleição no próximo ano, o do deputado Eber Machado (PSDC), que tem cavado ajuda para o município.

Questão física
A trombada entre os candidatos a prefeito Tião Bocalom (PSDB) e Fernando Melo (PT) será inevitável na campanha, já que dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço na oposição.

Chapa provável
Na chapa de Fernando Melo tudo caminha para o vice ser o deputado Walter Prado (PDT).

Exemplo de político
Com mais de vinte anos de mandato o deputado Hélder Paiva (PR), se deixar a política, como pretende, sairá limpo, de cabeça erguida, porque não se conhece dele um mais leve escândalo.

Mais raro
Essa é uma situação que nestes tempos bicudos de escândalos se torna cada vez mais raro.

Expoacre
Segura, peão! Começa hoje a Expoacre, sem dúvida, a festa que mais congrega público na Capital. Este ano sem aqueles quiosques anti-higiênicos que lembravam uma favela.

Sem poeira
E sem aquela poeira que sufocava, as ruas do espaço interno foram asfaltadas.

Point do Pato
O mais tradicional restaurante de comidas regionais do Acre, com várias citações positivas nas revistas especializadas GULA e Guia Quatro Rodas, o “Point do Pato”, estará presente.

Mantendo a tradição
O ex-deputado N.Lima (DEM), cassado por participar da última Cavalgada (a cassação mais injusta que conheço) estará hoje na Cavalgada de abertura, ato que considera uma tradição.

Recurso se arrasta
Até hoje aguarda o recurso contra a sua cassação ser julgado pelo TSE.

Quem viu, aplaudiu!l
Ontem, de manhã, no bairro da Defesa Civil, antes da chegada do governador Tião Viana para ver uma obra, um soldado da PM, com pose de Rambo arrogante, estava na entrada da rua de  metralhadora em punho, como se estivesse numa guerra. Foi a chefe do Gabinete Militar, coronel Margarete, chegar e mandar guardar a arma. Todos que viram a cena a elogiaram.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation