Planejamento autoriza contratação temporária para 1.007 professores

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou ontem (27) a contratação temporária de 1.007 professores. De acordo com a portaria, as admissões devem suprir a falta de docentes efetivos em caso de vacância de cargos. O prazo dos trabalhos será de um ano, com prorrogação de no máximo 24 meses. As informações estão no Diário Oficial da União, na pág. 76 da 1ª seção.

Os novos servidores devem atuar na Universidade Tecnológica Federal do Paraná; na Universidade Federal do Paraná (campus Litoral); nos Colégios e Escolas Técnicas de Aplicação vinculados às universidades federais; no Instituto Nacional de Educação de Surdos; no Instituto Benjamin Constant; no Colégio Pedro II; e nos Centros Federais de Eduação Tecnológica de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. (Do Correio Web)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation