Haja coração!

Graças a Deus, o bom  senso prevaleceu e o  estádio Arena da Floresta está liberado para os jogos dos representantes acreanos no campeonato brasileiro de futebol. Neste sábado, dia 30, vamos ter o Plácido de Castro (o Tigre do Abunã) disputando um jogo da Série D contra a equipe do Cuiabá/MT, e no domingo, dia 31, teremos o Rio Branco (o nosso Estrelão) disputando um jogo da Série C do Brasileirão contra a equipe do Luverdense/MT.
Anibal-3007
Vale ressaltar que este ano nós tivemos um dos melhores campeonatos acreanos de todos os tempos, e que nossas equipes estão demonstrando que vão representar dignamente o Acre nas duas competições nacionais.

Temos grande esperança de que o Plácido de Castro faça uma boa campanha na série D e ascenda à série C, e também acreditamos que o Rio Branco, que já fez quatro boas campanhas pela Série C, conquiste o tão sonhado acesso à  Série B do Campeonato Brasileiro de Futebol agora em 2011. Se conseguirmos atingir esses objetivos, o Acre será o estado da região Norte com o futebol mais forte, mais competitivo e de maior visibilidade no plano nacional.

Tudo isso enche de orgulho os amantes do futebol do Acre e renova nossa esperança de que sejamos reconhecidos também no futebol. Já temos boa visibilidade pelo projeto de desenvolvimento sustentável, os avanços na economia e na Educação; pela ousadia no setor produtivo que ganha reforço ainda maior com o governador Tião Viana, e pelos investimentos fantásticos na Cultura e no resgate da identidade histórica do nosso povo. Agora, é chegado o momento de sermos reconhecidos também no futebol, para elevar ainda mais a auto-estima dos acreanos.

A Arena da Floresta é um dos melhores estádios do Brasil, e foi construída com as dimensões exigidas pela FIFA. É moderna, bem equipada, tem as cores e os símbolos da floresta do Acre e chama a atenção de todos que a visitam, tanto lotada quanto vazia. Tem um gramado excelente, ótimos banheiros, amplos corredores de acesso e os 14 mil assentos com cadeiras individuais. Trata-se de um dos poucos estádios do Brasil com esse conforto, sem contar que as cadeiras formam painéis que representam lendas, animais e temas próprios da floresta.

Nosso Estádio foi inaugurado em 17 de dezembro de 2006 pelo  governador Jorge Viana, num jogo histórico em que o Rio Branco venceu por 2 a 1 a Seleção Brasileira Su-20. Nesse jogo, tivemos público superior a 20 mil pessoas. De lá para cá, o ex-governador Binho Marques fez uma adequação, reduzindo essa capacidade  para proporcionar mais conforto e maior segurança aos torcedores.

Temos plenas garantias de que nosso estádio oferece as condições de segurança adequadas para uma boa partida de futebol.  Nosso público vai poder comparecer sim aos jogos de sábado e de domingo e a todos os jogos que vão acontecer nas competições oficiais da CBF das quais participarmos.

O futebol está muito presente na vida das pessoas e nós estamos vivendo um momento especial: nossas duas equipes, o Rio Branco e o Plácido de Castro, estrearam com empate fora de casa e há uma grande expectativa de que possamos contabilizar duas vitórias neste final de semana em nossa Arena.

Acreditamos que agora, com a liberação do estádio, os jogadores também terão mais tranqüilidade e motivação para jogar na presença do público. Os problemas do estádio são residuais e foram analisados exaustivamente pelas equipes técnicas do governo, que tem toda preocupação de garantir um espetáculo com boas condições de segurança para todos os torcedores.

O Arena da Floresta é um espaço digno de um bom futebol, e ficaremos na torcida para que as equipes do Acre proporcionem boas vitórias no final de semana e caminhem firmes rumo à conquista dos dois acessos para o futebol acreano. 
Haja coração!

* Aníbal Diniz é senador pelo PT do Acre e amante do futebol.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation