Dsei contrata 3 médicos para Casai/RB, para Santa Rosa e para Manoel Urbano

Em mais uma iniciativa para reestruturar a Saúde Indígena na região, o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) do Rio Alto Purus contratou 3 médicos para o Acre. O objetivo do distrito é oferecer o atendimento integral no Estado. Foram 1 médico (Dr. Atalibas) para a Casa do Índio (Casai) de Rio Branco, 1 para Manoel Urbano e 1 para Santa Rosa do Purus. A contratação foi possível graças a uma parceria do Dsei junto com os municípios que são beneficiados com o Incentivo de Atenção Básica aos Povos Indígenas (IAB/PI).

Na Casa do Índio, o serviço do novo doutor será fazer o acompanhamento especializado dos pacientes indígenas internados em unidades de Saúde pela Capital (Pronto-Socorro, Hospital de Base, do Idoso, das Clínicas, Maternidade, Santa Juliana, etc). O médico recém-contratado – e que já está trabalhando – se encarregará de fazer relatórios diários sobre as condições de saúde dos internos dos hospitais. Hoje, a Casai tem 181 pacientes indígenas em tratamento.

Ao todo, o Dsei do Alto Purus é responsável por cuidar de 174 aldeias do sudeste do Acre, noroeste de Rondônia e parte do sudoeste do Amazonas. Além dos médicos para o Acre, o distrito também contratou 1 médico para o município de Pauini/ Amazonas.      

Com as 3 contratações, o Acre possui agora 4 médicos exclusivos para tratar da Saúde Indígena (antes tinha apenas 1). A pressão para melhorar o segmento partiu após uma série de protestos conjuntos dos próprios índios. Além do médico, a Casai hoje passa por um reforma da sua rede de esgotamento. Ontem, foi realizada uma inspeção geral na unidade pela prefeitura. Dependendo do resultado, a Casai pode até ser interditada (veja mais informações na edição de amanhã de A GAZETA). 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation