Espaço Indústria na Expoacre deve ter mais de 65 empresas

Nada menos que 66 empresas estarão no Espaço Indústria da Expoacre, dando uma pequena amostra do que o setor produtivo acreano tem a oferecer à população e à economia local. Além disso, o setor moveleiro terá um galpão exclusivo para seus produtos, onde também serão apresentados os serviços oferecidos pelo Centro de Tecnologia da Madeira e do Mobiliário do Senai, como a “Jotinha”, unidade móvel da instituição, para cursos itinerantes.

“A Expoacre representa uma excelente oportunidade para as indústrias do nosso Estado mostrarem seus produtos à população e como realizar negócios, que é o principal objetivo da Feira”, salientou Carlos Sasai, presidente do Sistema Federação das Indústrias do Acre (Fieac). Como em todos os anos, o Sistema marcará presença no evento, com estande institucional para demonstração dos serviços do Sesi, Senai e IEL, em dias alternados, sempre a partir das 19h.

A programação será a seguinte: Sesi (dias 24, 27 e 30) – palestras sobre educação à distância, saúde alimentar, hipertensão e atividade física; Senai (dias 25, 28 e 31) – oficinas de customização e costura industrial, laboratório de simulação de operação com máquinas pesadas/constução civil e Demonstração de atividades de eficiência energética; IEL (dias 23, 26 e 29) – palestras sobre estágio empreendedor, marketing pessoal, empreendedorismo, atendimento ao cliente/vendas, liderança e qualidade. (Ascom Fieac)

Classificação da prova dos 3 tambores é hoje

Habilidade, técnica, beleza, velocidade. Os competidores com os melhores animais são pré-requisitos fundamentais para prática do esporte equestre, seja na categoria amador ou profissional. Pensando na valorização dos competidores e dos cavalos, a Associação Acreana de Esportes Equestres (Aaee), lança hoje a primeira prova classificatória dos Três Tambores, que acontece no Parque de Exposições Castelo Branco, às 9h.

A prova dos Três Tambores é uma modalidade esportiva, onde a velocidade definirá o campeão ou a campeã que contornar os tambores sem derrubá-los no menor tempo possível. O tempo é estipulado em 18 segundos, os melhores seguirão para a próxima fase.

No Acre, o IV Campeonato Acreano Três Tambores (Catt) será organizado pela Comissão de Provas dos Três Tambores da Aaee que tem a frente da presidência, Luis Vitório Camolez responsável ainda pela inspeção dos animais antes, durante e depois das disputas.

“Temos competidores acrea-nos capacitados que tem representado muito bem o nome do Acre em competições nacionais”, destaca o presidente.

Luis Camolez cita o exemplo da magistrada Zenair Bueno que venceu em primeiro lugar o Campeonato do Núcleo Baruense do Quarto de Milha de 2010, na categoria amador principiante dos Três Tambores.
A empresária Renata Zamora, integrante também da Comissão dos Três Tambores, disputa também uma vaga na classificatória. já a empresária Midiã Lysakowski integra a Comissão dos Três Tambores, embora não concorra a classificatória, ela aposta no êxito do filho Pablo.

A etapa final está prevista para 25 e 26 de julho, durante o encerramento da Expoacre. No ano passado, a Aaee entregou aos competidores a premiação total de R$ 64 mil somente na modalidade Três Tambores. Este ano, a expectativa será ultrapassar este valor. O evento conta com o apoio do Governo do Estado, Prefeitura de Rio Branco e o patrocínio da Fazenda Brasil, Rancho GB, Fazenda Piracema, Agropecuária BP, Papelaria Globo, Cerâmica Flor de Maio, Frios Vilhena, Auto Posto Rio Branco e Xapuri Motors. (Assessoria)

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation