MPE lança programação para comemorar os 48 anos do órgão

Com o tema Você Também Faz Parte Dessa História, o Ministério Público Eleitoral (MPE) lançou ontem, no auditório da instituição, uma programação semanal em comemoração aos seus 48 anos. No evento, o MP firmou convênios com a Universidade Federal do Acre (Ufac) e com a Associação dos Pais e Amigos de Excepcionais (Apae).
MPE2607
“O MPE tem um enorme acervo para pesquisas academicas. A história da instituição em alguns momentos se confunde com a história do Acre, a exemplo do julgamento de Chico Mendes e dos crimes relacionados ao ‘Esquadrão da Morte’, disse o procurador-chefe, Sammy Barbosa. Em sua opinião, a instituição ‘tem muito a comemorar’, principalmente depois do resgate do estado democrático de direito, subtraído por décadas pelo crime organizado.

A chefe da Procuradoria do Meio Ambiente, Patrícia Rêgo, falou da importância de resgatar a história do MPE e participou do lançamento do projeto “Ambiente Legal e Resgate o Lixo. A instituição firmou uma parceria com a Apae, cujo objetivo é o de reaproveitar papéis e papelões, que serão reaproveitados pelos alunos e usados na confecção de diversos artefatos. “Temos mais de 15 anos reciclando este material”, informou a professora Adalgisa Mourão de Aguiar. 

Na programação estão, ainda, uma palestra sobre meio ambiente, a exposição do projeto ‘Voltando ao Saber’, uma homenagem aos servidores do MPE com o projeto ‘Prata da Casa’, o lançamento do projeto ‘Promotor Por Um Dia’, o tradicional arraial, o encontro  ‘Fontes e Jornalistas’ e divulgação e entrega do prêmio do concurso  para a automação do MPE.

Há 2 semanas, a instituição lançou também o seu III Congresso. O evento será realizado em conjunto com a Associação do Ministério Público do Acre (Ampac) e Fundação Escola Superior do Ministério Público estadual (Fempac). O congresso vai acontecer entre os dias 21 a 23 de setembro, no Teatrão.

DEPOIMENTOS

“Fui juiz e sou advogado há 51 anos. Na advocacia e na magistratura fiz bons amigos, mas foi no Ministério Público do Acre que convivi com os meus maiores amigos. Das instituições do Estado do Acre, nestes quarenta e oito anos de sua existência, uma das que mais cresceu e que mais, significativamente, dignificou o nosso Estado, sem dúvida, foi o Ministério Público”.

Jorge Araken F. da Silva- Desembargador aposentado

“É importante destacar duas etapas na história do Ministério Público: no cenário nacional o primeiro avanço aconteceu a partir da Constituição Federal em 1988. No Acre, uma das mais importantes atuações do MPE foi ao combate e desmonte ao crime organizado com ênfase no “Caso Hildebrando”. Outro aspecto a ser ressaltado é a atuação nas causas ambientais, principalmente no que se refere às queimadas, um dos grandes problemas enfrentados no nosso Estado e que vem diminuindo ano a ano devido ao trabalho da instituição.

Silvio Martinello (Jornalista e diretor do Jornal A GAZETA)

“Ao completar seus 48 anos de existência, o Ministério Público do Estado do Acre pode afirmar que contribuiu para a construção da cidadania e fortalecimento da democracia neste valioso rincão da Amazônia. Participando ativamente da resolução dos conflitos sociais de nosso povo”.

Ricardo Coelho de Carvalho, Presidente da Associação dos Membros do Ministério Público do Estado do Acre (Ampac)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation