Ação Pró-Amazônia e parlamentares do Norte se unem

Presidente da Comissão da Amazônia no Congresso, deputado Gladson Cameli garante a defesa de interesses das indústrias da região

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC), Carlos Sasai, e o vice, João Francisco Salomão, reuniram-se nesta quinta-feira, 21 de julho, com os presidentes da Comissão da Amazônia no Congresso, deputado Gladson Cameli, e da Ação Pró-Amazônia da Confederação Nacional da Indústria (CNI), empresário Edilson Baldez (presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão-FIEMA).

O propósito do encontro foi unir forças entre as duas instituições em favor de iniciativas que contemplem os interesses empresariais da Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), como o Projeto Norte Competitivo, que aponta os nove eixos de integração prioritários que permitirão reduzir os custos logísticos dessa região com aumento da competitividade da região; a necessidade da ponte sobre o rio Madeira, para evitar o isolamento do Estado do Acre; e o estímulo à cultura empreendedora, com realização de palestras, treinamentos e cursos de liderança.

“Queremos nos fortalecer e definir uma pauta única para discutir os interesses em comum. Em agosto, realizaremos uma reunião com todos os presidentes de federações de Indústria dos estados da Amazônia Legal com esta finalidade”, informou Sasai, que convidou Gladson para estar presente na ocasião.

De seu lado, o deputado garantiu que a bancada da Comissão Amazônia caminhará unida com a CNI. “Quero aqui colocar a Comissão à disposição da Ação Pró-Amazônia para trabalharmos em parceria e defender os interesses empresariais da nossa região. Queremos criar a Bancada Norte no Congresso, que hoje conta com 27 senadores e 81 deputados federais, e nos unirmos com a Bancada Nordeste, assim como é hoje na CNI. Juntos, seremos muito mais fortes”, declarou Gladson. (Assessoria)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation