Gazetinhas 27/08/2011

* Algum bafão na cidade?

* Não, ontem não teve nenhum bafão.

* Também, depois do terremoto, dá um tempo.

* A propósito de terremoto, agora falando sério, o professor e paleon-tólogo Jonas Filho, da Ufac, faz algumas considerações interessantes sobre o fenômeno.

* Segundo ele, com a proximidade do Acre com o Peru, onde ocorrem tremores quase todos os dias, de menor ou maior intensidade, é preciso que os acreanos comecem a se acostumar com o que ocorreu na quarta-feira.

* Mais do que isso: que, nas faculdades de Engenharia, os estudantes passem a se preocupar em projetos de construção com as conseqüências desses abalos sísmicos na região.

* Ou seja, ao se fazer um prédio que se leve em conta nos cálculos o impacto desses tremores.

* É. Parece que não, mas pelo que se viu, faz sentido.

* Ainda, segundo Jonas Filho, não é o caso de se criar paranóia, porque o Acre não está sobre as placas tectônicas.

* Nem pensar bobagem como circulou na internet.

* Um gajo chegou a registrar que depois dos tremores de quarta-feira poderia ocorrer um tsunami no Rio Acre.

* Só mesmo um miolo mole.

* Na política local, peemedebistas ontem fizeram a festa.

* Todo mundo bonitinho, de crachá, ouvindo as lideranças do partido, o senador Waldir Raupp, o deputado federal Eliseu Padilha e o presidente regional, Flaviano Melo.

* Um detalhe que chamou atenção na fala das lideranças é o de que quem quiser ser candidato a prefeito ou vereador nas próximas eleições terá que freqüentar o curso de formação política.

* Isso é bom.

* E, de Rio Branco, os dirigentes do Glorioso voaram para Cruzeiro do Sul no projeto de “Entradas e bandeiras rumo às eleições de 2012”.
* Pádua Bruzugu já se intitulou o Borba Gato.

* Prefeitura da Capital publicou ontem edital chamando para o trabalho cerca de 80 agentes de endemias aprovados em concurso público para contratação temporária.

* A missão: prevenir e combater a dengue antes e durante o próximo “inverno”.

* É questão de honra para o prefeito Raimundo Angelim e o governador Tião Viana que não se repita a epidemia do “inverno” passado.

* Claro, com a colaboração de todos.

* Pronto. Como se noticiou ontem, o Ibama liberou a construção do segundo linhão.

* Agora, cabe a Eletrobras/Eletronorte começar o trabalho.

* E a bancada federal cobrar.

* A “friagem” se foi, agora de novo o calor, mais seca e as cigarras cantando.

* Como tem cigarra..

Assuntos desta notícia


Join the Conversation