Política local 27/08/2011

“Os detalhes são perigosos quando se está mentindo”.

(Grahan Geene)

Clima geral
O clima ontem na reunião do PMDB era o de candidatura própria à PMRB. O dirigente Armando Dantas descartou à coluna o PMDB e PSDB se juntarem já no primeiro turno.

Só favorece
Com as candidaturas de Solange Pascoal (PMN), André Maia (PSDC), e Tião da Emater (PMDB) à prefeitura de Senador Guiomard, fica facilitada a reeleição do prefeito James Gomes (PSDB).

Dedução simples
Num colégio eleitoral de um turno, várias candidaturas favorecem a quem está no poder.

Petecão indica
Sobre o candidato a vice na chapa do PMDB, Armando Dantas diz que caberá ao senador Sérgio Petecão (PSD) indicar este nome.

Leve desconfiança
Já o ex-deputado federal João Correia, que postula a indicação a prefeito pelo PMDB, se diz estar com a pulga atrás da orelha e com a desconfiança que o PMDB indique o vice do PSDB.

Fato a pensar
O ex-deputado Mazinho Serafim, que se filiou ontem no PMDB, diz que vai esperar a decisão da deputada Toinha Vieira (PSDB), se será ou não candidata a prefeita para ele se posicionar.

Todo indicativo
A deputada Toinha Vieira (PSDB) dá todos os indicativos de que não será candidata.

Posição tomada
A direção do PMDB decidiu que só pode ser candidato a vereador da Capital quem fizer o curso de práticas legislativas a ser ministrado na “Fundação Ulisses Guimarães”.

Eliane Sinhasique
Quem se filiou ontem no PMDB foi a radialista Eliane Sinhazique, candidata a vereadora.

Fora de cogitação
Uma posição é unânime entre os dirigentes da FPA, a de sair com apenas um candidato à PMRB, para não correr o risco de ter vários candidatos e ficar fora do segundo turno.

Sem cheiro de povo
Sobre a candidatura a prefeita de Brasiléia, da empresária Marleuda Cavalcante, chega e-mail dizendo que, “embora ela seja um nome limpo é da elite e não tem o cheiro de povo”.

Candidato próprio
O PMDB terá candidato próprio a prefeito de Epitacio-lândia, o empresário Torres, que já disputou o cargo e teve uma boa votação.

Fechado em copas
Pelo silêncio repentino do PV a conclusão é a de que não terá candidato próprio à PMRB, ou pelo menos, não se ouve uma palavra firme do deputado federal Henrique Afonso (PV).

Contrapartida
Não indicando o candidato a prefeito de Rio Branco, cresce muito a chance do PCdoB emplacar o ex-vereador Zequinha (PCdoB) como candidato da FPA a prefeitura de Cruzeiro do Sul.

Tranquilamente
As conversas entre os dirigentes do PT e PCdoB podem bem evoluir para este quadro.

Defensor maior
O tucano Tião Bocalom (PSDB) é quem mais defende que a oposição tenha mais de um candidato a prefeito da Capital e não faz um movimento a favor de um nome único.

Dois turnos
Levando em conta que a eleição na Capital é de dois turnos, ele não está errado.

Espera a mexida
O deputado Élson Santia-go (PP) diz que vai esperar a mexida nas pedras da nova direção do PP. Caso confirme não apoiar o candidato da FPA à PMRB em 2012, então, ele pula fora.

Fora de hipótese
Santiago considera fora de hipótese não estar no mesmo palanque do governador Tião Viana.

Política e otimismo
O governador Tião Viana faz política, política e política, diariamente, e por isso se mostra convicto nas conversas sobre a eleição de que o PT continuará no comando da PMRB.

Quadro diferente
Quando se fala em eleição pouco se ouve que 2012 será outro quadro. Uma coisa é a oposição ter enfrentado a FPA com o Binho Marques no comando, um gestor que não gostava de políticos e da política, a outra é enfrentar Tião Viana, que é do ramo e sabe mexer as pedras.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation