Política local 30/08/2011

“Podemos fugir de tudo, menos de nós próprios”.

(José Saramago)

Faixa de gaza
Fim da trégua na “Faixa de Gaza dos Hassem”. Haverá dois candidatos da família à prefeitura de Epitaciolândia. No último fim de semana o PRP, após uma longa avaliação, comunicou ao deputado Astério Moreira (PRP), que o jovem Kaleb Hassem também é candidato a prefeito.

Sem chance
Foi tirada ainda na reunião que, com a decisão irrevogável, morre a chance de uma união do grupo com o outro candidato da família, André Hassem (PSDB), e muito menos com o PT.

Voto vencido
Astério Moreira (PRP) foi voto vencido e promete que acatará a posição partidária.

Vistas para o PT
Com os nomes da oposição para a PMRB definidos, Fernando Melo (PMDB) e Tião Bocalom (PSDB), os olhos agora se voltam para o PT, cujo candidato será anunciado no próximo dia 13.

Torcida organizada
Entre os dirigentes da oposição existe uma espécie de torcida organizada unânime para que o candidato do PT a prefeito da Capital seja o diretor-geral do Deracre, Marcos Alexandre.

Não creio
Não meto a mão no fogo que isso não possa ocorrer, mas, por uma série de razões, não creio que o PT ouse colocar um candidato de alto risco para a disputa do maior colégio eleitoral.

Qualquer um
Seja Sibá Machado (PT), Ney Amorim (PT), Leonardo Brito (PT), qualquer um deles, seria um melhor candidato por não terem pendências jurídicas para virar bandeira da oposição.

Aguardar para ver
Mas, como cada cabeça é uma sentença, é aguardar o desfecho dentro do PT.

Bom tema
O deputado Astério Moreira (PRP) tem se dedicado na Aleac às denúncias, cobranças e apresentado idéias para combater a fragilização da família com o tráfico de drogas.

Ponto fundamental
O Acre virou uma das portas mais largas do Brasil para a ação do tráfico na fronteira, e sem uma ação policial enérgica no combate ao tráfico, nada que se fizer diminuirá a violência.

Piracema de candidatos
O PMDB terá como candidato a prefeito de Manoel Urbano, Tanízio de Sá, recém filiado. Ao todo chegam a seis os candidatos no município, número supe-rior às ruas daquela cidade.

Grande eleitor
Pela sua movimentação nos bairros, o governador Tião Viana será o grande eleitor do PT na disputa da PMRB. Em que pese sua boa popularidade o PT terá que ter um nome palatável.

Peregrinação
O presidente do PT, Leonardo Brito, tem procurado os presidentes dos partidos nanicos da FPA para comunicar e pedir apoio à decisão de indicar o cabeça de chapa para a disputa da PMRB.

Missão facilitada
A missão é facilitada pelo fato de todos eles terem cargos de confiança no governo.

Corda bamba
A eleição municipal será o marco para a direção regional do PTB permanecer: a presidência nacional já avisou que se não for eleito nenhum prefeito ou vereador vão todos para a rua.

Sábia decisão
O PSDB vai refluir na sua intenção de lançar um candidato a prefeito de Brasiléia, por um motivo relevante: a liderança de mais voto no município não enche uma cuia de votos.

Não é fácil
Caso a deputada Toinha Vieira (PSDB) não seja candidata a prefeita de Sena, não será nada fácil para outro nome da oposição derrotar Jairo Cassiano (PDT) na disputa da prefeitura.

Troca desvantajosa
Se Toinha optar pelo parlamento estará correta, pois é uma troca desvantajosa deixar o mandato para colocar no colo um abacaxi gigante, que é a prefeitura de Sena Madureira.

Dado como certo
Os comunistas dão como certo que o PT abrirá o direito de indicar o candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul para o PCdoB emplacar a candidatura do ex-vereador Zequinha (PCdoB).

Fonte confiável
Uma fonte comunista confiável confirma a possibilidade, dada em primeira mão pela coluna, que seria uma espécie de contrapartida para deixar o PT com a cabeça de chapa na Capital.

Sempre disse
Desde o início estou repisando a tecla que PT e PCdoB não brigarão por nada.

Nomes na mesa
Isac Lima (PT), Luiz Helosman (PP) e Cleidson Rocha (PMDB) são os nomes que disputarão a prefeitura de Mâncio Lima.

Segundo turno
Política tem as suas imprevisibilidades, isto é um fato. Mas a eleição na Capital, com três candidaturas fortes: Tião Bocalom (PSDB), Fernando Melo (PMDB) e o nome a ser definido pelo PT, somente uma zebra de listras graúdas não vai empurrar a eleição para o segundo turno.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation